segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

O que muda e o que não muda com a web.


Aproveitando o início das férias, o bom é poder navegar pela Internet.
Encontramos sites , blogs, com reportagens e artigos interessantes como este:http://webinsider.uol.com.br/index.php/2008/12/13/o-que-muda-e-o-que-nao-muda-com-a-web/
Tecnologia - Redes sociais.

O que muda e o que não muda com a web.

Por Carlos Nepomuceno (nepomuceno@pontonet.com.br) é professor, pesquisador e co-autor do livro Conhecimento em Rede (Editora Campus), coordenador do ICO, Instituto de Inteligência Coletiva e diretor da Pontonet. Mais dele no blog CNepomuceno e no Twitter.

Toda mudança tecnológica, começa com uma inovação técnica, mas vira cultura, ao ficar invisível.
As vans são um bom exemplo. Substituíram as desconfortáveis Kombis, que chegaram a tentar sem sucesso algo parecido. As vans se espalharam nas cidades e criaram a cultura alternativa ao transporte de massa.
Acharam seu lugar nas brechas deixadas pelos cartéis dos ônibus, principalmente aqui no Rio de Janeiro. Hoje, se pega van.
(Não se pensa na van enquanto tecnologia.) É van para cá e para lá, ponto!
Até tem Kombi que se chama de van, mas a idéia toda gira em torno dos novos carros mais confortáveis e com preços acessíveis para seus proprietários, que permitiram essa explosão de novas linhas nas cidades.
Assim, é um engano achar, como sempre pensamos, que a internet e tudo que vem com ela é algo “tecnológico”.
É, mas apenas no início. É isso durante um tempo, mas depois vai chegando, nos enredando, nos envolvendo….
O celular, vejam bem, é uma aparelho tecnológico, certo? Hoje, ele faz parte de nossas vidas, como os carros, o avião e a batedeira de bolo. (E olha que o celular só tem 15 anos de estrada!)
Foi incorporado. É uma tecnologia absorvida, que se torna, aos poucos, invisível, como se fizesse parte do nosso corpo.
Para uma criança de dez anos a internet é algo igual a televisão, ou o rádio, ou o celular. Faz parte da vida de forma invisível.
Apenas, já é.Desse ponto de vista, podemos pensar que existe um tempo de cada grupo, pessoa, social, do momento em que determinada tecnologia aparece totalmente visível e “incomodante”, com a qual criamos atrito e resistimos, até o momento que vai se incorporando, ficando invisível para o conjunto da sociedade e para nós mesmos.
O invisível se torna cultura.
Esse tempo entre um estágio e outro é o que podemos chamar de absorção tecnológica, adaptação ao novo, aculturamento de um novo ambiente, como foi com a chegada do telefone, do carro, das motos, do trem, do navio a vapor.
Quando a tecnologia nova passa para a invisibilidade, nos enreda de tal forma que passamos a ter uma nova cultura, que surge em torno do que era antes “apenas tecnologia”, que passa a ter seu uso pleno e variado, conforme cada pessoa, grupo, país, empresa etc.
Essa passagem da visibilidade para a invisibilidade para novas camadas ou plataformas tecnológicas bem absorvidas moldam a sociedade, a partir da nova realidade, alterando para sempre a maneira de nos posicionarmos no mundo.
É dessa invisibilidade inevitável que a escola, o governo, as empresas, toda a sociedade mudará, com um sapo numa panela que sente a água esquentar lentamente, até virar outra coisa, a tal Humanidade 2.0, pós chegada da internet, dentro de um novo ambiente do conhecimento.
Dito isso, é preciso, então, compreender que a web é uma tecnologia diferente de uma van, por exemplo, ou mesmo de um celular.
Há tecnologias que impactam mais ou menos na sociedade. Se olharmos a história, o livro teve um papel mais amplo nas mudanças sociais, do que o barco a vapor, por exemplo, ou o telescópio, que tiveram também sua importância relativa.
Por quê?
A web, a fala, a escrita e o livro foram núcleos pelos quais giraram os ambientes de conhecimento da sociedade. Quando estes núcleos (de tecnologias de informação e comunicação) sofrem mudança a sociedade toda se modifica profundamente ao longo do tempo, pois passamos a produzir informação de uma nova forma e mudamos o jeito de nos relacionarmos entre nós e com o conhecimento.
O parlamento , por exemplo, criado na Revolução Francesa que deu origem a toda a democracia moderna, só foi possível por causa do surgimento do livro e depois dos jornais.
Não era viável na Idade Média com uma população analfabeta, que aprendia apenas pelo ouvido e acreditava que a Bíblia em latim era a expressão de Deus e nela estava escrito que o Rei era o escolhido por Ele para governar na terra, como Jesus.
O livro ajudou na criação da guilhotina, expressão mais violenta para acabar com esse conceito da divindade real. A guilhotina é filha do livro.
Certamente, com a participação efetiva dos cidadãos, via web, nos parece sem propósito manter a democracia representativa igual a que é hoje. Ela vai se alterar, quer os parlamentares queiram ou não queiram.
Foi assim, será assim. É uma questão de tempo.
Se não compreendermos esse processo de mudanças tecnológicas que viram cultura e a dimensão que a web tem e terá em nossas vidas, dificilmente podemos pensar em estratégias para o futuro.
Não são, assim, isoladamente, nem os informáticos, nem os comunicólogos, os administradores, os educadores, nem o designers que vão dar conta da adaptação das instituições para esse novo ambiente que agora ganha força. São todos eles, juntos!
É um momento único e especial: da passagem da produção do conhecimento vertical para a horizontal e da produção individual e escondida para a da coletiva e colaborativa. É um esforço grande, que precisa de uma larga visão de para onde realmente a banda está tocando.
Quem perceber a dimensão sai na frente. Ou como disse um estudioso da chegada do livro: “Quem sabia ler ficou com as melhores terras”.
Assim, quem souber se adaptar mais rapidamente ao novo ambiente, como o Google já fez, terá as ações mais valorizadas na bolsa.
É isso.
Que dizes?

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

FELIZ 2009!


Para todos amigos e amigas!
Meus desejos de coração!

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

domingo, 7 de dezembro de 2008

A cara do Brasil!

video

Movie Maker feito para a disciplina de Softwares Educacionais no curso de Pós Graduação.

O que é Movie Maker?

O Windows Movie Maker é um software de edição de vídeos compilado juntamente com a instalação do Windows.
É um programa simples e de fácil utilização, o que permite que pessoas sem muita experiência em informática possa adicionar efeitos de transição, textos personalizados e áudio nos seus filmes.

Sua tradução literal para o português fica: Criador de filmes do Windows.
É suportado pelos sistemas operacionais: Windows ME, Windows XP e o Windows Vista. A demora para salvar um projeto também é uma de suas características.

Após salvo, pode ser visto pelo Windows Media Player, ou pode ser copiado em CD, pois o Movie Maker salva os vídeos em formato WMV e AVI.

Esse editor de vídeo permite fazer, editar e incrementar filmes caseiros, permitindo que os usuários criem efeitos nos seus videos além de poderem adicionar musicas a apresentações e efeitos, como esmanecimento, fade in/out, títulos, subtítulos, pixelização, Casting e outras técnicas visuais...

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Cuidados com a vida


Vamos cuidar do nosso planeta, do nosso Brasil!
Dos brasileiros e brasileiras,...

domingo, 16 de novembro de 2008

Fortaleza e suas belezas naturais.

BubbleShare: Share photos - Find great Clip Art Images.

Tive o privilégio de passar 7 dias conhecendo algumas das
praias deste estado, o Ceará.
Adorei Fortaleza!
Pretendo voltar e conhecer melhor este paraíso.

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Trabalhando com Slideshare:

CóPia De ApresentaçãO2
View SlideShare presentation or Upload your own.


Treinando nosso aprendizado no curso do
NTE de Ijuí.

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

''Educação não-formal."




''Educação não-formal não é para negar a escola''.

A prática da educação não-formal não é para negar a escola. É preciso articular saberes”. A afirmação é da professora da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Maria da Glória Gohn. Ela participou da Semana de Educação promovida pela Fundação Victor Civita, que aconteceu na semana passada, na cidade de São Paulo (SP).

Definida pela pesquisadora como práticas educativas que acontecem fora de tempos e espaços determinados, sendo um processo de formação para a vida, a educação não-formal, para Maria da Glória, é necessária, pois a instituição escola não consegue mais dar conta de todo o processo educativo.

Mas, antes de aplicá-la, é preciso diferenciar a educação não-formal de outros tipos de educação que são semelhantes - como educação comunitária e não-escolar. No primeiro caso, o fato de ser para a comunidade não se encaixa, necessariamente, no conceito de educação para a vida. Já a não-escolar pode ser qualquer atividade que aconteça no período em que o aluno não está na escola, como aulas de inglês, por exemplo.

Reportagem do dia 21/ 10/2008 - http://aprendiz.uol.com.br/content/deshewepop.mmphref=

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Fundador da Wikipedia participa de palestra gratuita




Jimmy Wales, fundador da Wikipedia, estará no Brasil e participará de mesa-redonda sobre produções colaborativas de conhecimentos livres.
O debate acontece no Centro Cultural São Paulo, no dia 10 de novembro de 2008 (segunda-feira).
O evento, denominado WikiBrasil: Mutirão de Conhecimentos Livres, celebra o início da atuação do Instituto WikiMedia Brasil.
Além de Wales, estão confirmadas as presenças de Ethevaldo Siqueira, Gilberto Dimenstein, Gilson Schwartz, Karen Worcman, Ladislau Dowbor, Lala Dezeinhelin, Reinaldo Pamponet, Renato Rovai e Sérgio Amadeu.

Os interessados de outras localidades poderão acompanhar o evento transmitido em tempo real no endereço http://www.ustream.tv. Perguntas poderão ser enviadas pela internet.

O Instituto WikiMedia Brasil é o capítulo local da WikiMedia Foundation, organização sem fins de lucro detentora das marcas Wikipedia, Wikinotícias, Wikilivros, entre outras plataformas colaborativas.


Jimmy Wales participará também do Programa Roda Viva da TV Cultura, de um debate promovido pelo Jornal Folha de S.Paulo e de uma entrevista interativa da revista Época.

Serviço
Data: 10 de novembro de 2008, segunda-feira.
Horário: 19h30 . A bilheteria para a distribuição de senhas gratuitas começa uma hora antes do início do evento. Será dada prioridade aos inscritos com antecedência.
Local: Centro Cultural São Paulo. Sala Adoniran Barbosa (capacidade para 600 pessoas)
Endereço: Rua Vergueiro, 1000
Transmissão on line: http://www.ustream.tvManisfestação de interesse:
http://meta.wikimedia.org/wiki/Wikimedia_Brasil/WikiBrasil/Interessados
Retirado do site: http://br.buscaeducacao.yahoo.com/mt/archives/2008/10/fundador_da_wik.html#more

segunda-feira, 20 de outubro de 2008



Blog vem da abreviação de weblog:
web (tecido, teia, também usada para designar o ambiente de internet)
e log (diário de bordo).

É uma ferramenta do mundo virtual que permite aos usuários colocar conteúdo na rede e interagir com outros internautas.
É um tipo especial de página publicada na internet.

Sua origem confunde-se com nascimento da própria rede mundial de computadores,
mas, como fenômeno específico, é recente.
Os weblogs são extremamente dinâmicos e mostram todo o conteúdo mais recente na primeira página, sob a forma de textos curtos, os posts, dispostos em ordem cronológica reversa. Apresentam poucas subdivisões internas, quase sempre restritas a links para os arquivos, que guardam o conteúdo mais antigo, e para alguma página que descreve o site e seu autor. Apresentam, também uma quantidade grande de links para outras páginas, geralmente outros weblogs.
Outra característica é a facilidade com que podem ser criados, editados e publicados, com pouquíssimos conhecimentos técnicos. Na rede, disponíveis mediante um simples cadastro, encontram-se ferramentas, em versões gratuitas ou não, que realizam a codificação do weblog, sua hospedagem e publicação.

Na sala de aula, serve para registrar os conhecimentos adquiridos pela turma durante os projetos de estudo, sendo possível enriquecer os relatos com links, fotos, ilustrações e sons

domingo, 19 de outubro de 2008

Blog: Geociências - Práticas de Geografia.


"Estudar Geografia é uma forma de compreender o mundo que vivemos. Por meio desse estudo, podemos entender melhor o local em que moramos — seja uma cidade, seja uma área rural — e o nosso país, assim como os demais países.
Ser cidadão pleno em nossa época significa antes de tudo estar integrado criticamente na sociedade, participando ativamente de suas transformações. Para isso, devemos refletir sobre o nosso mundo, compreendendo-o do âmbito local até os âmbitos nacional e planetário. E a Geografia é um instrumento indispensável para empreendermos essa reflexão, que se deve ser a base de nossa atuação no mundo em que vivemos."
(VISENTINI, José William. Sociedade & Espaço. São Paulo,Ática, 2003).

Está disponível no blog abaixo, aluns materiais produzidos para estudo
de todos que desejarem conhecer mais desta área do conhecimento.

É um blog que , com certeza, irá nos ajudar a
aprofundar nossos conhecimentos na área da geografia.
Dê uma visitada e confira: muitas sugestões e novidades.
http://geociencias.terapad.com/

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

MAPA MUNDI INTERATIVO:


O IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, coloca à disposição em sua homepage, através do canal Países@ , um mapa mundi interativo onde os usuários podem acessar um banco de dados sobre 192 países.

Ao selecionarmos um país, encontramos informações relacionadas à sua localização, nome da capital, extensão territorial, PIB em valores, idioma, população, moeda corrente, histórico político administrativo, mapa político, reprodução da bandeira nacional, fotos, visão do relevo mapeada por satélite, além de abranger temas como população, indicadores sociais, economia, redes de telefonia e Internet, meio ambientes e objetivos do milênio.

É muito interessante! Vale a pena visitar!
http://www.ibge.gov.br/paisesat/

DIA DO PROFESSOR!


Parabéns para mim e demais colegas professores!
Um lembrete: " ser professor é apontar caminhos,
mas deixar que o aluno caminhe com seus próprios pés ..."
Nós professores somos a mão amiga a guiar-lhes nas primeiras letras
e no incentivo, à persistir no caminho do estudo e finalmente seguir
uma profissão.

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Sala do Professor



Oração do Professor

Dai-me, Senhor, o dom de ensinar,
Dai-me esta graça que vem do amor.

Mas, antes do ensinar, Senhor,
Dai-me o dom de aprender.

Aprender a ensinar
Aprender o amor de ensinar.

Que o meu ensinar seja simples, humano e alegre, como o amor.

De aprender sempre.
Que eu persevere mais no aprender do que no ensinar.

Que minha sabedoria ilumine e não apenas brilhe
Que o meu saber não domine ninguém, mas leve à verdade.

Que meus conhecimentos não produzam orgulho,
Mas cresçam e se abasteçam da humildade.

Que minhas palavras não firam e nem sejam dissimuladas,
Mas animem as faces de quem procura a luz.

Que a minha voz nunca assuste,
Mas seja a pregação da esperança.

Que eu aprenda que quem não me entende
Precisa ainda mais de mim,
E que nunca lhe destine a presunção de ser melhor.

Dai-me, Senhor, também a sabedoria do desaprender,
Para que eu possa trazer o novo, a esperança,
E não ser um perpetuador das desilusões.

Dai-me, Senhor, a sabedoria do aprender
Deixai-me ensinar para distribuir a sabedoria do amor.



O site UOL Educação é destinado a educadores e professores dos ensinos fundamental e médio.
Apresenta conteúdos que auxiliam no dia a dia dos professores: planos de aula, projetos de trabalho e sugestões de atividades extra-classe, além de uma coleção de curtas-metragens que podem servir de ponto de partida para o debate, na escola, de aspectos da realidade brasileira.
Consulte no endereço:
http://noticias.uol.com.br/educacao/saladoprofessor/

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

12 de Outubro - Dia das crianças!



O seu tempo é mágico.
Bruxas, fadas, duendes
povoam seus sonhos.
Na sua realidade
os brinquedos ganham vida
e tanta fantasia, às vezes espanta,
nos encanta.
De seu sorriso puro,
de sua ingenuidade,
a mentira não faz parte.
Você não tem vergonha
de extravasar sua sensibilidade.
Brinca,
pula,
grita,
chora,
reclama,
abraça,
faz graça,
não guarda rancor.
Não entende a dor,
o abandono,
pois você é amor,
Sonhe criança,
cresça,
mostre ao homem
que sua lição de verdade
pode conduzir à Fraternidade.

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

MEU PRIMEIRO VÍDEO!


video

Estou super feliz!
Acabei de fazer meu primeiro vídeo usando o Movie Maker.
No dia 25 de setembro, no NTE, tivemos uma oficina de vídeo Movie Maker com o professor Adão Cambraia da EFA.
Foi super interessante e aprendemos muito.
Hoje fui colocar em prática, sozinha, o que aprendemos.
O resultado aqui está. Tenho muito mais a aprender mas o início está aqui e como o 1º vídeo a gente nunca esquece, já fui logo postando.
AAAAAAA ia esquecendo!
A linda Beagle, atriz principal e única, é a NINA, nossa cadelinha.
Ela é linda, não?

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

O uso dos Blogs na Educação:


O Blog é provavelmente a ferramenta da Web 2.0 mais conhecida e utilizada no contexto educativo.
Podemos considerar duas categorias de blogs:
a)Como recurso pedagógico;
b) como estratégia educativa.
Enquanto recurso pedagógico considera a autora que os blogs podem ser
utilizados:
a) como um espaço de acesso a informação especializada ;
b) como um espaço de disponibilização de informação por parte do professor.
Na modalidade de “estratégia educativa” os blogs podem servir como:
a) um portefólio digital,
b) um espaço de intercâmbio e colaboração,
c) um espaço de debate (role playing);
d) um espaço de integração.

Fonte: Gomes, M. J. (2005). Blogs: um recurso e uma estragégia
educativa. In Actas do VII Simpósio Internacional de
Informática Educativa, SIIE, pp. 305-311.

A Web 2.0



Todos concordamos que as TICs (tecnologias da informação e comunicação)estão contribuindo para a criação de novos espaços de construção do conhecimento.
Hoje não só a escola, mas outros espaços como empresas, igrejas, residências e associações de bairros desempenham o papel de educar, de construção do conhecimento, de minimizar o problema da exclusão social.
Podemos acessar a qualquer momento ao ciberespaço da formação e da aprendizagem a distância, buscar fora das escolas a informação disponível nas redes de computadores e em serviços disponibilizados pela Internet que respondem às suas exigências pessoais de conhecimento. Assim está se rompendo a noção de um tempo rígido para a aprendizagem. " O espaço da aprendizagem é aqui,em qualquer lugar; o tempo de aprender é hoje e sempre."
As conseqüências para a educação são enormes, gerando um clima de incertezas e de reflexões sobre o uso dessa tecnologia nova no dia a dia da escola.
Os ambientes de aprendizagem do futuro serão necessariamente abertos e flexíveis, interativos, combinando diferentes modos e estilos de aprendizagem dependendo do objeto de estudo, do aluno, do professor, do contexto, respeitando o nível de desenvolvimento cognitivo de cada um. Teremos de propor aos alunos abordagens multidisciplinares que os preparem para lidar com as incertezas de um mundo global em que aprendizagem e o conhecimento são os únicos instrumentos para evitar a exclusão social.
Os professores terão que se preparar, buscar capacitações, formações para estes novos conhecimentos dentro da informática e de seus recursos possíveis de serem adaptados para a sala de aula.
Hoje a Internet já não é apenas um espaço para buscar formação mas é um ambiente descentralizado de autoridade,onde o conhecimento é construído de forma colaborativa já que cada um pode aceder, utilizar e reeditar a informação.
Temos que nos preparar para enfrentar os desafios da nova geração da Internet – a Web 2.0. A filosofia da Web 2.0 prima pela facilidade na publicação e rapidez no armazenamento de textos e ficheiros, ou seja, tem como principal objetivo tornar a web um ambiente social e acessível a todos os utilizadores, um espaço onde cada um seleciona e controla a informação de acordo com as suas necessidades e interesses.


O termo Web 2.0, da autoria de Tim O'Reilly,surgiu numa sessão de brainstorming no MediaLive International em Outubro de 2004 que sobre ele tecia as seguintes considerações:
"A web 2.0 é a mudança para uma Internet como plataforma, e um entendimento das regras para obter sucesso nesta nova plataforma. Entre outras, a regra mais importante é desenvolver aplicativos que aproveitem os efeitos de rede
para se tornarem melhores quanto mais são usados pelas pessoas, aproveitando a inteligência colectiva."

sábado, 20 de setembro de 2008

Ferramentas da web 2.0



Blog e Wiki: Os Futuros Professores e as Ferramentas da Web 2.0
Nos textos desta semana do curso de Informática Educativa chamou-me atenção especial este texto sobre blogs, wiki, web 1.0 e 2.0. De:
Clara Pereira Coutinho
Universidade do Minho Instituto de Educação e Psicologia da Universidade do Minho, Braga, Portugal (ccoutinho@iep.uminho.pt) e
João Batista Bottentuit Junior
Universidade do Minho Instituto de Educação e Psicologia da Universidade
do Minho, Braga, Portugal (jbbj@terra.com.br)

http://bloguesnoensino.wordpress.com/2008/03/13/17/%20-%2018k%20-


Bom proveito!

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Vídeo Interessante!

No You Tube também encontramos muitos vídeos bons, interessantes como este
sobre as Tecnologias na Educação.
video

Tecnologias na Educação


Tenho lido muitos textos sobre as novas tecnologias e a educação, ou mais precisamente,o uso do computador na educação.
No site
http://www.eca.usp.br/prof/moran/textost.htm
encontramos artigos, entrevistas e textos, muitos textos desse espetacular professor, educador, escritor,...
É muito bom ler, trocar idéias a respeito de educação e do uso das novas tecnologias na educação.

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Pós graduação



No dia 27 de Agosto o tão esperado dia em que iniciaria as aulas da Pós Graduação enfim chegou.
Já no dia 26 recebo o email de boas-Vindas ao curso de Especialização a Distância em Informática na Educação pela PUCRS!
Fui logo visitar o ambiente virtual do curso.
Estou super motivada, gostando de tudo.
Mas uma preocupação teima em me acompanhar: vou conseguir acompanhar o curso? Terei o tempo necessário para fazer todas as leituras sugeridas?
Em todo o caso,vamos deixar de lado as preocupações e arregaçar as mangas, ir à luta, certo?
CERTÍSSIMO!

HIPERTEXTO

Encontrei este site que fala sobre Hipertexto
e quero compartilhá-lo com cada um que visitar meu blog.

http://br.geocities.com/smn.garcia/wq.htm

domingo, 31 de agosto de 2008

Apresentação dos PA

Nesta quinta feira, dia 28 de agosto, fizemos as apresentações dos nossos Projetos de Aprendizagem à professora Eveline, aos colegas e Coordenadora da CRE.

Foi muito bom!

Aprendemos muito com todos os assuntos pesquisados pelos colegas. Discutimos e questionamos cada uma das apresentações.

Podemos perceber que cada um individualmente e no seu grupo explorou todos os recursos do Wiki de uma maneira diferente mostrando toda criatividade e empenho durante o desenvolvimento desse trabalho.

Os assuntos com certeza não se esgotaram, ao contrário, serão o ponto de partida para mais pesquisa, mais estudo e buscaremos mais - iremos aplicar todo esse conhecimento em nossas escolas, com nossos alunos e incentivando outros colegas.

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Nova Caminhada.


Hoje iniciei o meu curso de Pós Graduação em Informática Educativa, pela PUC.
Estou feliz e anciosa ao mesmo tempo.
É uma nova caminhada.
É mais um desafio que exigirá muito compromisso e estudo.
Portanto: vamos em frente!

domingo, 3 de agosto de 2008

FIM DE FÉRIAS!


Pois é... ACABOU!

Foram duas semanas de folga, descanso e convívio mais "direto" com aqueles que amamos e que foram ótimas.

Voltamos já no dia 31/07 para uma "Formação" organizada pela 36ª CRE.

Na escola, tivemos no dia 01 de agosto, reunião de estudos,discuções e
preparação para o semestre.

Agora com as energias regarregadas iniciamos o 2º semestre com muitas novidades.

1ª novidade: matriculei-me para cursar pós-graduação em INFORMÁTICA EDUCATIVA, na PUC RS. Será a distância o que será muito bom. Esta é minha esperança e expectativa.

terça-feira, 22 de julho de 2008

FÉRIAS !


Muito bom ter este tempinho para a gente.
Ficar "de papo pro ar". Sem horário, ...
Estou em Curitiba curtindo minha filha.

quarta-feira, 16 de julho de 2008

MINHAS APLICAÇÕES PRÁTICAS EM PA


Após as fundamentações teóricas passamos a fazer a aplicação prática de um PA.
Para iniciar fomos desafiadas a fazer uma pergunta sobre algum assunto que gostaríamos de saber a resposta. Neste momento o que eu gostaria de saber?
Minha questão foi a respeito de saúde, ou seja, COMO FAZER PARA TERMOS BOA SAÚDE?

PROJETOS DE APRENDIZAGEM




No curso em andamento no NTE de Ijuí, para os Coordenadores dos LIE, estamos tendo o privilégio de conhecermos melhor , refletirmos, trocar idéias e também de aplicarmos esta nova proposta de trabalho com "PROJETOS DE APRENDIZAGEM".
O que é Projetos de Aprendizagem ou PA? Em que se diferencia de um Projeto de Ensino?
No Ensino por Projetos são os professores com a (ou a) Coordenação Pedagógica que escolhem o tema da pesquisa a ser realizada, podemos dizer que são impostos aos alunos. Todas as ações, as ordens, vem prontas, impostas pelo PROFESSOR que é o AGENTE ficando o ALUNO como o RECEPTOR. É uma metodologia. Nesse tipo de Ensino somente há Transmissão do Conhecimento.
No "PROJETO DE APRENDIZAGEM - PA" o ponto de partida é uma pergunta ( alunos é que montam as questões que são de interesse deles, de sua realidade da vida, em cooperação com o professor)e são estas perguntas, estas questões que irão nortear o seu trabalho de investigação. Assim o contexto parte da realidade do aluno satisfazendo a sua curiosidade, o seu desejo e vontade de aprender. As regras, direções e atividades são elaboradas pelo grupo, é consenso de alunos e professores. O PROFESSOR é o PROBLEMATIZADOR e ORIENTADOR do trabalho. ALUNO é o AGENTE principal.
No PA as questões levantadas pelos alunos e se tornam o Tema a ser pesquisado e vai orientar como ensinar. Proporciona uma proposta de ensinar e uma proposta de aprender( do aluno). Em 1º lugar está o aluno e depois o professor.
O PA é uma metodologia de investigação voltada à interação, problematização, investigação, onde o aprendiz é desafiado a questionar, precisando pensar para expressar suas dúvidas. O professor tem o papel de mediador, verificando se é possível usar a pergunta do aluno ou não, sempre fazendo uma negociação o pois as perguntas devem levar a uma investigação e ao conhecimento.
As mudanças que ocorrem com o ensino por PA são grandes. Por outro lado, verifica-se que os professores têm dificuldades ao se defrontar com questões mais amplas e os alunos também apresentam dificuldades em questionar pois estão acostumados a receber tudo pronto. Outra preocupação dos professores é com o desenvolvimento dos conteúdos e de sua sequência.

Concluindo:
O trabalho com PA é uma maneira prazerosa de ensinar e de aprender. " É uma metodologia dinâmica que promove a criatividade, interação, pesquisa, autoria, integração de novas tecnologias que levam à construção do conhecimento. Favorecem a descoberta de questões, não necessariamente ligadas aos conteúdos programáticos, mas que ajudam a abrir horizontes e levam à compreensão dos mais variados assuntos numa relação interdisciplinar, construindo novas estruturas cognitivas. assim sendo, os PA proporcionam um trabalho consistente, em ambiente desafiador onde professores e alunos são levados a aprender através da buscado desconhecido." ( Eveline de Souza Eberle - PROJETOS DE APRENDIZAGEM: PRAZER EM ENSINAR E APRENDER)

INFORMÁTICA EDUCATIVA



Iniciou-se no dia 27 de março de 2008, no NTE de Ijuí, mais um CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA EM INFORMÁTICA EDUCATIVA PARA PROFESSORES COORDENADORESDOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA DAS ESCOLAS ESTADUAIS DE ABRANGÊNCIA DA 36ª CRE DE IJUÍ/RS, extendendo-se até o dia 23 de outubro num total de 120 horas( 64 presenciais e 56 a distância).
Os estudos neste curso envolvem fundamentação teórica,contextualização,pesquisa, leituras, reflexões, sistematizações e socialização de temas que envolvam a elaboração de projetos usando os recursos do computador.
Também haverá espaço para o estudo do uso e aplicabilidade dos softuares e web no processo educativo como:
A) PUBLISHER
B) WIKI
C) MOVMAKER
D) BLOG
E) WIKI E CMAP TOOLS
F) NOÇÕES DE LINUX
G) OFICINA DE APOIO TÉCNICO
H) USO DE VÍDEOS DA TV ESCOLA
I) INTEGRAAÇÃO DE MÍDIAS
J) GERENCIAMENTO DOS RECURSOS FÍSICOS E LÓGICOS DOS AMBIENTES DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO.

Assim, toda última quinta feira do mês estaremos reunidas no NTE, sob a eficiente e carinhosa orientação da professora EVELINE EBERLE, fazendo mais um curso, buscando cada vez mais nos aperfeiçoar e melhorar nossas práticas no LIE e na sala de aula onde aplicaremos os conhecimentos adquiridos.

domingo, 29 de junho de 2008


A vida é um milhão de novos começos movidos pelo desafio sempre novo de viver e fazer todo sonho brilhar

SOMOS REMÉDIO PARA OS OUTROS

Muitas vezes nesta vida,nós somos o remédio da vida de outras pessoas.
Quantas vezes você já curou uma pessoa com o seu abraço, com uma visita inesperada,
com um sorriso ... E-mail enviado?

Sua presença alegra a vida das pessoas,é um poderoso remédio contra a tristeza,
a depressão, contra a dor e os sofrimentos da alma

Estar presente na vida das pessoas que amamos é milagre poderoso,
e, que pode transformar-se em processos de cura absoluta.

Obrigada por você fazer parte da minha caixinha de remédios!

segunda-feira, 16 de junho de 2008

domingo, 15 de junho de 2008


7º CONGRESSO DA REDE FEMININA DE COMBATE AO CÂNCER




FORTALEZA - CEARÁ - BRASIL




PERÍODO: 06, 07 e 08 de novembro de 2008




PRINCIPAIS TEMAS:




- Trabalho Voluntário no século XXI;




- Educação médica e continuada: prevenção e diágnóstico precoce;




- Apoio e assistência permanente ao paciente oncológico.