quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Feliz Ano Novo!


Hoje é 30 de dezembro de 2009.

Penultimo dia deste 2009.
Para mim foi um ano ótimo.
Tivemos o amor, o carinho, a companhia e a compreenção de todos os membros de nossa familia, que ficou maior pois nasceu a Manuela.


FELIZ OLHAR NOVO!!!
(Carlos Drumond de Andrade)

O grande barato da vida é olhar para trás e sentir orgulho da sua história.
O grande lance é viver cada momento como se a receita da felicidade fosseo AQUI e o AGORA.
Claro que a vida prega peças.
É lógico que, por vezes, o pneu fura, chove demais...
mas, pensa só:
tem graça viver sem rir de gargalhar pelo menos uma vez ao dia?
Tem sentido ficar chateado durante o dia todo por causa de uma discussão na ida pro trabalho?Quero viver bem.
2009 foi um ano cheio.
Foi cheio de coisas boas e realizações, mas também cheio de problemas e desilusões.
Normal.
Às vezes se espera demais das pessoas.
Normal.
.A grana que não veio, o amigo que decepcionou, o amor que acabou.
Normal.
2010 não vai ser diferente.
Muda o século, o milênio muda, mas o homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja, mas e aí?
Fazer o quê?
Acabar com seu dia?
Com seu bom humor?
Com sua esperança?
O que eu desejo para todos nós é sabedoria!
E que todos saibamos transformar tudo em uma boa experiência!
Que todos consigamos perdoar o desconhecido, o mal educado.
Ele passou na sua vida.
Não pode ser responsável por um dia ruim...
Entender o amigo que não merece nossa melhor parte.
Se ele decepcionou, passe-o para a categoria 3, a dos amigos.
Ou mude de classe, transforme-o em colega.
Além do mais, a gente, provavelmente, também já decepcionou alguém.
O nosso desejo não se realizou?
Beleza,
não tava na hora, não deveria ser a melhor coisa prá esse momento
(me lembro sempre de um lance que eu adoro:CUIDADO COM SEUS DESEJOS, ELES PODEM SE TORNAR REALIDADE).
Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano.
Não adianta lutar contra isso.
Mas se a gente se entende e permite olhar o outro e o mundo com generosidade,
as coisas ficam diferentes.
Desejo para todo mundo esse olhar especial.
2010 pode ser um ano especial,
muito legal, se entendermos
nossas fragilidades e egoísmos e dermos a volta nisso.
Somos fracos,
mas podemos melhorar.
Somos egoístas,
mas podemos entender o outro.
2010 pode ser o bicho,
o máximo, maravilhoso, lindo, espetacular
...ou...
Pode ser puro orgulho!
Depende de mim, de você!
Pode ser.
E que seja!!!
Feliz olhar novo!!!
Que a virada do ano e
o Natal não sejam somente uma data,
mas um momento para repensarmos
tudo o que fizemos e que desejamos,
afinal
sonhos e desejos podem se tornar realidade
somente se fizermos jus e acreditarmos neles!"
Que venha mais um novo ano!
Bem vindo 2010!!!!!

domingo, 20 de dezembro de 2009

É Natal!


Abra seu coração...
Sonhe... Deseje... Ame... Sorria...
Seja feliz voltando a ser criança...
Te desejo um Natal cheio de paz, amor e felicidade.
E que você realize seus sonhos...
Mas principalmente que continue a sonhar......
sempre, sempre.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Conferência sobre Mudanças Climáticas.

A Conferência sobre Mudanças Climáticas das Nações Unidas (COP 15) reuniu-se neste início de dezembro em Copenhague, em clima de esperança em relação a um acordo global de redução das emissões de gases causadores do efeito estufa.
E em tempos em que cuidar do planeta não é só uma postura bacana e sim uma necessidade, nossas roupas também podem entrar nessa mesma ideia.
Como manter um guarda-roupa consciente?
Que postura ter em relação à moda para manter seu estilo sem deixar de ser ecológica?
Confira os 10 mandamentos da moda verde:
1) Compre menos, reduza o consumo - Se você já tem um armário cheio de sapatos, pondere se você precisa de mais um par, mesmo que esteja em promoção. Compre coisas que você realmente precisa no momento e que vai usar.
2) Leia as etiquetas - A etiqueta de composição de uma peça de roupa traz todas as informações que você precisa saber sobre a produção da mesma. Use-a para se informar sobre onde a roupa foi confeccionada, do que é feita, se possui certificados de sustentabilidade.
3) Procure tecidos sustentáveis - Dê preferência para peças feitas com material ecológico, como cânhamo, soja, bambu, algodão orgânico, materiais produzidos de maneira sustentável, em geral. Mas fique de olho na química usada para produzir o tecido, se não é poluente.
4) Procure materiais reciclados - Algumas roupas são produzidas com sobras de tecidos, reaproveitamento dos mesmos, invista em modelos que tem essa filosofia por trás. Reciclagem é sempre uma boa iniciativa!
5) Tente evitar algodão tradicional - O processamento do algodão pelo método tradicional é responsável por 25% dos inseticidas e mais de 10% dos pesticidas usados no mundo. Na dúvida sobre a fibra usada, pergunte.
6) Escolha produtos duráveis - Não precisa deixar de comprar roupa, mas escolha peças duráveis, das quais você não vai precisar se desfazer na próxima estação.
7) Evite limpeza a seco - Só use a lavagem a seco nas suas roupas em último caso, os produtos químicos usados no processo evaporam das roupas para o ambiente e são agressivos para o sistema respiratório. Portanto proteja seu nariz, pendure as roupas ao ar livre, se possível, para evitar que os solventes invadam sua casa.
8) Economize energia na lavagem das roupas - Longe de sugerir que você esfregue a roupa suja na beira do rio ou do tanque, mas sempre que puder use água fria e deixe secar ao natural, isso economizará energia elétrica, o que em tempos de apagão, é sempre bem vindo.
9) Compre e venda no brechó - Outra opção econômica pode ser trocar as peças que você não quer mais por outras novas deixadas lá por outros clientes. Sites como o "Enjoei" também podem ser uma boa opção de troca, bem como os eventos de troca entre amigas.
Pergunte e tire suas dúvidas - Não tenha medo de passar por chata, pergunte tudo que você quiser saber para os vendedores antes de adquirir uma peça. Se ele não souber responder, vá atrás, investigue a marca, onde produz as peças, quem produz.
10) Desconfie de produtos novos e muito baratos, mão-de-obra escrava na moda é mais comum do que parece!
Doe itens que você não quer mais para caridade - Não é só no inverno que as pessoas carentes precisam de roupas, se você tem peças de verão sobrando em casa, que não estão mais sendo usadas, doe-as.
Se essas práticas ainda não fazem parte do seu cotidiano, aproveite para iniciar!
São atitudes simples, mas conscientes, que fariam bastante diferença no contexto global.
Retirado do Blog de Mauren Motta

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

O uso do computador e da internet na escolas pública das capitais brasileiras


A pesquisa “O uso do computador e da internet na escolas pública das capitais brasileiras” foi apresentada ao público hoje, dia 11 de dezembro de 2009, pela Fundação Victor Civita.
Você sabe qual foi o objetivo dessa pesquisa?
Foi investigar as modalidades de uso do computador e da internet em situações educacionais do Ensino Fundamental e Médio.
Foram pesquisadas 400 escolas nas principais capitais.
Eis alguns resultados:
Programas mais utilizados pelos professores com seus alunos:
50% – Editor de texto
44% – Sites e programas de visualização de mapas
43% – Editor de apresentação…
13% – WebQuest
12% – Software de programação
7% – Software de modelagem em 3
Programas mais utilizados pelos professores sozinhos:
74% – Editor de texto
62% – Editor de apresentação
62% – Sites e programas de visualização de mapas…
22% – WebQues
t21% – Software de programação
10% – Software de modelagem em 3D
Queres conhecer mais a fundo a pesquisa ou saber de mais resultados?
Veja mais resultados acessando o blog Todos pela Educação

TODOS PELA EDUCAÇÃO

As cinco metas que o Brasil precisa alcançar até 2022:

Meta 1 – Toda criança e jovem de 4 a 17 anos na escola


Meta 2 – Toda criança plenamente alfabetizada até os 8 anos


Meta 3 – Todo aluno com aprendizado adequado a sua série


Meta 4 – Todo jovem com o Ensino Médio concluído até os 19 anos


Meta 5 – Investimento em Educação ampliado e bem gerido.


Saiba mais clique no link.


O Brasil só será verdadeiramente independente quando todos seus cidadãos tiverem uma Educação de qualidade.


Partindo dessa idéia, representantes da sociedade civil, educadores, organizações sociais, iniciativa privada e gestores públicos de Educação se uniram no Todos Pela Educação: um movimento que tem como objetivo contribuir para que o País consiga garantir Educação de qualidade para todos os brasileiros.
O Todos Pela Educação não é um projeto de uma organização específica, mas sim um projeto de Nação.
É uma união de esforços, em que cada cidadão ou instituição é co-responsável e se mobiliza, em sua área de atuação, para que todas as crianças e jovens tenham acesso a uma Educação de qualidade.
A atuação do movimento inclui o monitoramento da Educação, por meio do acompanhamento de suas 5 Metas e da divulgação de pesquisas, dados e informações relacionadas ao tema, a maior e melhor inserção da Educação na mídia, a articulação, o fomento ao debate e a mobilização da sociedade.
No dia 9 de dezembro de 2009, às 9h, no Museu de Arte Moderna de São Paulo, foi lançado o segundo relatório De Olho nas Metas. O relatório traz dados e análises das cinco metas propostas pelo movimento para melhoria da Educação brasileira.

Foram analisados os dados do Brasil, das cinco regiões, dos 26 estados e do Distrito Federal.
O relatório apresenta os resultados do acompanhamento das Metas 1 – toda criança de 4 a 17 anos na escola – e da Meta 4 – todo jovem de 19 anos com Ensino Médio concluído.
Para as Metas 2, 3 e 5, que não possuem monitoramento neste ano, a publicação traz artigo e entrevistas com especialistas da área
Veja os vídeos , acessando os links abaixo:

http://www.youtube.com/watch?v=kuaXU7TCJTw

http://www.youtube.com/watch?v=bRxtmk7SznU

http://www.youtube.com/watch?v=0Wu2Qrpk66A

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

NATAL 2009


Para todos aqueles que visitam este espaço que pretende
mostrar um pouco do que é
a Minha Caminhada.

A Conferência da ONU sobre o Clima em Copanhague


No último dia 7 de dezembro de 2009 teve início em Copenhague, " A Conferência das Nações Unidas sobre o Clima", que pretende definir a resposta mundial ao aquecimento global que ameaça o planeta.

Representantes de 192 países, encabeçados pelo primeiro-ministro dinamarquês Lars Loekke Rasmussen, assistiram em sessão plenária ao início de duas semanas de negociações, que chegarão ao fim em 18 de dezembro na presença de mais de 100 chefes de Estado e de Governo.

A conferência começou com a exibição de um filme sobre os povos do mundo que enfrentam as consequências do aquecimento global.

A missão da conferência, histórica por seu tamanho, é limitar a dois graus centígrados o aumento da temperatura média da superfície da Terra, o que faz necessária uma drástica redução das emissões de gases do efeito estufa.
Uma boa notícia - no domingo, dia 06/12/2009, a África do Sul anunciou um corte de 34% nas suas emissões nos próximos dez anos. O plano prevê que os cortes atinjam um pico de 42% em 2025 e depois se estabilizem e comecem a cair.

Lembrando: A África do Sul foi o quarto país de economia emergente, depois do Brasil, da China e da Índia, a prometer cortes de emissões recentemente.

Para que a temperatura da Terra não ultrapasse a barreira dos 2ºC, considerada "segura", o IPCC ( Painel Intergovernamental para Mudanças Climáticas ), recomendou que as emissões de gases que provocam o efeito estufa sejam reduzidas entre 25% e 40% (em comparação com 1990) até 2020.


(Redação com agências internacionais - Agência IN)

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Como fazer buscas na web.



Dicas para poupar tempo ao fazer buscas na web:



Hoje contamos com a maior fonte de informações da história - a Internet. No entanto, encontrar informação útil nesta quase infinita estrutura pode ser bastante complicado.


Portanto, eis algumas dicas para agilizar esse processo:


1- Tenha claro o que procura - Estar focado no que se busca é básico para que não se perca tempo. Portanto, ao iniciar uma busca, tenha um objetivo bem definido em mente. Por exemplo, saber "qual o nome dos sete anões da Branca de Neve em espanhol" - e evite perder tempo averiguando quem dubla cada um dos personagens, o ano do filme da Disney, quantas vezes foi exibido, e assim por diante.


2- Escolha a ferramenta adequada - Não se restrinja ao site campeão, como o Google, por exemplo: outros meios podem ser fóruns, blogs, sites especializados ou até mesmo seus contatos no messenger. Às vezes, o que se procura está a um contato de distância. Preste atenção também a outros mecanismos de buscas - sim, eles existem.


3- Aprenda a usar a ferramenta - Ao escolher um buscador, vale a pensa investir um pouco de tempo para saber exatamente como ele funciona. Se é melhor realizar a busca usando os termos entre aspas, se usa os operadores lógicos "and", "or" e outros, ou se realiza buscas contextuais em páginas concretas. Todo o tempo gasto em conhecer a ferramenta é tempo que será economizado ao conseguir utilizá-la com objetividade.


4- Seja claro e objetivo - Para fazer uma busca de várias palavras, é conveniente pensar não apenas em como se procura mas também em como o programa que gerencia as buscas vai entender o pedido que se faz. Por exemplo, em vez de procurar por "amor e poesia", frase que tem um "e" que muitas vezes é ignorado pelos buscadores, é melhor buscar "poesia amor" - mais facilmente o programa entenderá que são duas palavras-chave a considerar em seus parâmetros de busca.


5 - Aprenda a diferenciar à primeira vista - Ao fazer uma busca, é bom conseguir determinar de cara se os resultados têm algo a ver o que se quer encontrar. Basta olhar as primeiras palavras de cada resultado para saber se foi encontrada informação útil ou simplesmente sites que pouco têm a ver com o que se precisa encontrar. Perca alguns segundos analisando as primeiras linhas dos resultados. Você saberá se está na pista certa.


6- Use inglês, dicionários e tradutores - Outras línguas, como espanhol ou português, podem até estar ganhando mais espaço na Internet, mas a realidade é que a imensa maioria das páginas está - ou oferece versão - em inglês. Portanto, se você não encontra em português o que procura, experimente traduzir as palavras-chave para o inglês e fazer nova busca. Se precisar, utilize dicionários ou mesmo os tradutores online para investigar páginas que pareçam interessantes.


7- Aprenda a buscar indiretamente - A busca indireta dá resultados ótimos quando parece ser impossível encontrar aquilo que se busca, trata-se de não atacar diretamente o tema que procuramos, mas buscar algo relacionado com ele. Por exemplo, procurar a letra de uma canção de Elvis Presley da qual não se lembra o nome. Se não se encontra nada a partir de "Elvis Presley", pode-se experimentar usar um pedaço da letra do qual se recorde (como "kiss me my darling"). Entre os primeros resultados, certamente estará a letra de "It's now or never". Isso é aplicável a uma grande variedade de temas, e é especialmente útil quando o tema principal da busca é muito amplo ou quando, por exemplo, buscamos o nome de uma pessoa, já que pode haver muito mais gente com tal nome do que se imagina.


8- Imagens - esta busca é especialmente complicada, e para conseguir os melhores resultados, além de usar dicas anteriores (busca indireta, tradução para outras línguas), não use apenas a busca de imagens do Google, por exemplo. Procure também por sites que possam conter as imagens que você quer, e aproveite outros buscadores - inclusive específicos para imagens.


9- A Wikipedia é amiga - Se a procura é por um termo popular, é quase certo que já exista na wikipedia. A enciclopédia global online colaborativa tem informação de qualidade. Não se perde muito tempo em consultá-la, mas pode-se economizar tempo ao encontrar lá o que se procura e, muitas vezes, outras referências sobre o assunto permitem que se tenha mais fontes de informação.


10- Experiência é a princial aliada - À medida que fizer buscas, você aprenderá a discriminar melhor, vai adicionar aos seus sites favoritos outros buscadores especializados, que funcionem melhor para determinados assuntos, e aprenderá também a pensar mais como uma ferramenta de busca, porque as entenderá melhor. Ou seja: busque e aprenda com as buscas que faz. Em pouco tempo você se tornará uma ferramenta indispensável para outras pessoas que não vão precisar de um buscador: elas terão você.


Bom proveito e trabalho...






domingo, 22 de novembro de 2009

Luz, Câmera, Educação!



Educomunicação - Método de ensino no qual a comunicação em massa e a mídia em geral são usadas como elementos de educação. É também um campo de convergência entre a educação e outras ciências humanas.

O conceito de educomunicação começou a surgir a partir dos anos 1960 a partir de experiências de ensino realizadas no âmbito na ECA - USP (Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo).

*** Consiste, basicamente, em utilizar as tecnologias e as linguagens das mídias para que as pessoas e os grupos expressem o que sentem e pensam e, assim, decidam o que querem para si mesmos e para o mundo em que vivem.


A Geografia dentro e fora da sala de aula;


Fazer o estudante abandonar o lugar de mero espectador para colocar de fato a mão na massa eproduzir reportagens é uma fórmula que dá certo. Mas o processo não é fácil!
Foi isso que a professora Luzia Feitosa realizou com seus alunos de 7ª série na EMEF Professor João de Lima Paiva, localizada em Guaianases, extrema periferia da zona leste da capital.
O que a professora Luzia não imaginava é que ao aceitar o desafio e motivar a produção de mídia coletiva, dentro e fora da sala de aula, estaria colocando em prática o conceito daeducomunicação . Ela nos afirma que: “Aos poucos fomos construindo a pauta em sala de aula, eles definiam os entrevistados, os temas. Mas coisas simples, como manusear a câmera corretamente, só aprendemos depois de muitos erros e avaliação”, lembra.
Essa ideia, que partiu dos alunos em um bate-papo em classe, resultou em um ano de trabalho de campo efetivo, com mais de 35 horas de gravação, incluindo entrevista com o subprefeito da região e líderes comunitários. E o produto final, o videodocumentário intitulado “O Lugar Onde Vivo”, rendeu a Luzia o prêmio Educador Nota 10, concedido pela Fundação Victor Civita e disputado por mais de três mil professores de todo o Brasil.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Filme: 2012


“2012” - o filme.

Diretor expoente de estilo catastrófico de se fazer filmes, Roland Emmerich, alemão de nascença, mas americano de coração, tem em seu currículo longas-metragens como o próprio “Independence Day”, “Godzilla” e “O Dia Depois de Amanhã”.

Dispensando razões extraterrestres ou ambientais, o diretor prova que sua intenção nunca foi questionar, mas apenas exagerar, explorando todas as possibilidades que os efeitos especiais proporcionam.

A história do filme " 20012" tem como protagonista o pai divorciado Jackson Curtis (John Cusack). Afastado dos dois filhos que teve com sua ex-esposa Kate Curtis (Amanda Peet), Jackson tenta se aproximar deles levando-os para uma região isolada dos Estados Unidos que sempre foi visitada pela família com o objetivo de acampar.
Chegando lá, uma cerca de “proibido ultrapassar” não impede que os três descumpram as ordens e constatem que um antigo rio secou totalmente.Eles são então capturados pelo exército americano e depois liberados.

Sem entender a reação militar, Curtis é alertado por Charlie Frost (Woody Harrelson), um lunático apresentador de um programa de rádio, de que aquela área deve em breve se tornar o maior vulcão em erupção do mundo e que esse fato faz parte de uma série de tragédias que acometerá o mundo até o dia 12 de dezembro de 2012, terminando com a destruição total do planeta.
Enquanto isso, na Casa Branca, o geólogo Adrian Helmsley (Chiwetel Ejiofor), que desde 2009 trabalha para o governo americano no que concerne a data fatídica, acompanha pela televisão catástrofes tendo início por todo o mundo.

Grandes terremotos causam enormes rachaduras por diversas cidades da Terra, fazendo pedacinhos até do Cristo Redentor.

Helmsley, sob a tutela do Presidente Thomas Wilson (Danny Glover), integra uma equipe que tem a função de resgatar o maior número de humanos possível para uma eventual colonização. Sentindo na pele os efeitos da proximidade do fim, Jackson Curtis enfrentará os mais apocalípticos dos fenômenos e, munido de um mapa que tem como país central a China, tentará que sua família consiga embarcar nesse projeto idealizado pelos Chefes de Governo de vários países.
Roland Emmerich dessa vez justifica o fim do mundo via estudos científicos e crenças antigas.

O calendário maia indica que não há nada além do dia 21 de dezembro daquele ano, e as profecias são confirmadas pelo aquecimento exagerado da crosta terrestre. Como consequência, a superfície do planeta irá se partir, causando terremotos e tsunamis.

Por mais que essa justificativa seja um tanto atraente, principalmente por inserir História em sua trama, a película, assim como a maioria dos filmes de Emmerich, extrapola os limites.

Assinado por ele mesmo, em parceria com Harald Kloser, o roteiro se excede em todas as cenas. Como se não bastasse destruir o mundo, tinham que fazer algo incrivelmente inverossímil, tanto que a “2012” deve ser concedido, com folga, o título de filme mais mentiroso de todos os tempos.
Sem ter pena da equipe de efeitos visuais do longa, a dupla de roteiristas procura inserir a cada dez minutos, no máximo, uma grande tragédia.

É como se eles soubessem que a história dos personagens não se sustentaria sozinha e para isso compensam com sequências como a de mais uma destruição da Casa Branca.

No entanto, também sobra para os astros do filme. Eles, em especial John Cusack, têm de estar presentes em todo grande evento que acontece, sempre escapando por um triz da morte.

A sequência em que Jackson Curtis resgata a sua família e foge de avião é a maior expoente dos exageros do enredo, mas disputa de perto com uma outra que conta com uma participação especial de Woody Harrelson.
Por mais que estas cenas beirem muitas vezes o cômico de tão mentirosas, elas são a alma do filme.

Não haveria “2012” sem uma correria insana ou cenários grandiosos. Afinal, nunca em uma produção de Roland Emmerich os personagens foram tão desinteressantes.

Rasos como só um blockbuster americano consegue construir, eles não nos passam nenhum carisma, nem nos deixam furiosos, com exceção do personagem de Oliver Platt, que obtém êxito como o vilão da história.

Assumindo estereótipos, o roteiro deixa fácil para o público adivinhar o destino de cada um desses papéis: quem vai morrer, quem vai sobreviver, quem vai ser esquecido pela história, quem vai se apaixonar…
A direção da película funciona apenas nas cenas de ação. Mas mesmo assim poderiam ser bem mais eletrizantes. Roland Emmerich opta por planos comuns e tomadas sem inspiração. Se a edição o salva de um cataclisma, a trilha sonora e a fotografia tentam empurrá-lo buraco abaixo. Mas quem realmente resgata a todos são os efeitos especiais, a razão pela qual produziram o filme e pela qual a maioria do público vai conferi-lo. Nisso, “2012” jamais deixa a desejar.

Por mais que não chegue ao nível de qualidade da franquia “Transformers”, a película atende às expectativas da audiência, guardando sua melhor parte para o final, justamente quando o foco não são as destruições, mas a salvação da humanidade. Chega a ser irônico, não?
Em relação ao elenco, todos são prejudicados pelos absurdos do roteiro, escapando poucos do fracasso. John Cusack, ator de renome mas que ainda almeja um reconhecimento maior da crítica, surge inexpressivo, o que é normal para protagonistas de blockbusters.

Completando a família Curtis temos os filhos Lilly (Morgan Lily) e Noah (Liam James) e a esposa Kate, que cumprem a sua função, com destaque para a performance de Amanda Peet. Ela é a única que parece realmente abalada com as tragédias. Passando para o elenco governamental, temos o sucesso dos discretos e eficientes Chiwetel Ejiofor e Thandie Newton, como a Primeira Filha, e o fracasso de Danny Glover como o Presidente americano mais ético e religioso que o cinema já viu. Entre os coadjuvantes, as atuações são desastrosas, dando-se devida ênfase a Woody Harrelson, no pior papel de sua carreira.
Ao longo de seus 158 minutos de duração, que aliás passam muito rápido, “2012” explora com intensidade jamais vista o fetiche hollywoodiano pelo fim do mundo. Dessa vez, não sobra praticamente nada.

Vá até o cinema mais próximo e confira os prós e contras deste filme.

Twitter, o “n°1″ na educação!


Twitter também é o “n°1″ na educação.

Redes sociais podem ser um excelente passatempo, assim como o msn, jogos online e a navegação na internet em geral. Mas essas ferramentas online têm um potencial bem maior e mais nobre: podem ser úteis para a educação.

Pelo menos é nisso que acredita a consultora em educação Jane Hart. Ela criou em 2006 o site do Centro de Aprendizagem e Performance Tecnológica, na Inglaterra, para estimular o uso de ferramentas livres na aprendizagem.

Segundo Jane, o endereço eletrônico é um dos mais visitados e populares sobre educação na web, com mais de 8 mil visitantes únicos por dia.

Há três anos ela desafia os seus leitores a fazerem uma lista das 10 melhores ferramentas para o aprendizado.

Em 2009, a participação foi de 278 pessoas. A amostra não é assim muito expressiva, mas a apresentação do resultado expõe 100 ferramentas citadas pelos colaboradores.

O Twitter foi o mais votado.

Esta é a lista dos dez mais acessados:

1) Twitter

2) Delicious

3) YouTube

4) Google Reader

5) Google Docs

6) Wordpress

7) Slideshare

8) Google Search

9) Audacity

10) Extensões do Firefox


quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Dicas de como aproveitar o que sua câmera digital:



Aproveite melhor sua câmera digital.

1- Faça um vídeo -

Não é só pra foto que serve este brinquedo. Usando um band-aid na abertura do microfone, o som fica quase profissional. Para não tremer, use um tripé ou apóio fixo. Fuce muito nos recursos: qualquer problema, é só deletar.

2- Saia (bem) na própria foto -

Não deixe transparecer que é você quem segura a câmera. Apóie-a e ligue o disparador sem fio. Ou compre um controle remoto universal, deixe sua câmera com a opção “remote shutter” ligada e vá testando o botão de ligar do seu controle até achar a freqüência que a faz disparar. Grave e use nas próximas vezes.

3- Use o photoshop sem gastar -

Lançado este ano, o photoshop Express (www.photoshop.com/Express) é a versão online gratuita da mais famosa ferramenta de edição de imagens. Depois de se cadastrar, o usuário tem à disposição 2 gigabytes para armazenar as fotos e recursos básicos para melhorar foco, cor e luz.

4- Use como webcam -

Se sua câmera possui a opção “remote shooting”, é só habilitá-la para aparecer uma janela no desktop. Baixe o Camtasia Studio (tinyurl.com/3fnucu) para capturar essas imagens e enviá-las por Skype ou Yahoo Messenger. A resolução é bem melhor que a comum.

5- Limpe a pele sem photoshop -

Normalmente é melhor tirar fotos coloridas e depois transformá-los em preto-e-branco com um programa de edição de imagens. Mas, para retratos, vale usar na câmera o modo “infravermelho”, que suaviza as superfícies acidentadas. Na prática, uma cara espinhenta sai lisinha.

6- Economize imprimindo fotos fora -

Imprimir em casa é no mínimo 2 vezes e até 8 vezes mais caro que em um laboratório, de acordo com o NY Times. Junte a maior quantidade possível em um cd e leve para locais especializados – a ampliação no formato 10 x 15 cm sai por até R$ 0,59.
Outra opção econômica é enviar a sites que fazem o serviço, mas cobram pelo frente.

7- Tire fotos panorâmicas sem medo -

Use um tripé para girar a câmera e tirar várias fotos da paisagem até completar 360°. Não mude as configurações de velocidade e abertura (ligue o AE Lock). Passe as imagens para o pc num programa como o Canon PhotoStitch (tinyurl.com/4b7mod), que junta as fotos numa imagem panorâmica.

8- Fazer uma lente olho-de-peixe -

Vá a uma loja de construção ou ferramentas e compre um olho mágico desses para porta. Pegue a tampa de uma garrafa pet, abra um buraco e encaixe o parafuso-lente no meio. A tampinha enrosca na maioria das lentes de câmeras digitais.

Tire foto de pertinho
O melhor é usar o Macro, comum nas câmeras atuais. Teste e acostume-se.

Flash sem mistério
Use-o quando está escuro. Fora disso, ele prejudica a imagem e gasta muita bateria.

Evite manchas de movimento

O modo Burst ajuda na hora de registrar carros e outros objetos em movimento.

FONTE: http://super.abril.com.br/tecnologia/aproveite-sua-camera-digital-447787.shtml

sábado, 7 de novembro de 2009

O cientista das inteligências múltiplas.


Howard Gardner e sua Teoria das Inteligêcias Múltiplas.

A idéia de que existem várias aptidões além do raciocínio lógico-matemático, apresentada pelo psicólogo, causou grande impacto nos meios pedagógicos.
No início da década de 1980, o cientista norteamericano Howard Gardner (formado em psicologia e neurologia) divulgou sua Teoria das Inteligências Múltiplas.
Durante muito tempo foi usado o QI (quociente de inteligência) para mediar a capacidade de dominar o raciocínio lógico-matemático e como padrão para medir o desempenho escolar esperado para a idade das crianças. Mais tarde, Piaget também destacou a dificuldade com o aprendizado dos símbolos e raciocínios matemáticos que envolve maior dificuldade do que o de palavras e, assim cresceu a valorização da inteligência lógico-matemática.

Gardner foi levado a conceituar a Inteligência como o potencial para resolver problemas e para criar aquilo que é valorizado em determinado contexto social e histórico. Na elaboração de sua teoria, partiu da observação do trabalho dos gênios.
"Ficou claro que a manifestação da genialidade humana é bem mais específica que generalista, uma vez que bem poucos gênios o são em todas as áreas", afirma Antunes. Gardner foi buscar evidências também no estudo de pessoas com lesões e disfunções cerebrais, que o ajudou a formular hipóteses sobre a relação entre as habilidades individuais e determinadas regiões do órgão.
Finalmente, se valeu do mapeamento encefálico mediante técnicas surgidas nas décadas recentes. Suas conclusões, como a maioria das que se referem ao funcionamento do cérebro, são eminentemente empíricas.

Gardner concluiu, a princípio, que há sete tipos de inteligência:

1. Lógico-matemática é a capacidade de realizar operações numéricas e de fazer deduções.
2. Lingüística é a habilidade de aprender idiomas e de usar a fala e a escrita para atingir objetivos.
3. Espacial é a disposição para reconhecer e manipular situações que envolvam apreensões visuais.
4. Físico-cinestésica é o potencial para usar o corpo com o fim de resolver problemas ou fabricar produtos.
5. Interpessoal é a capacidade de entender as intenções e os desejos dos outros e conseqüentemente de se relacionar bem em sociedade.
6. Intrapessoal é a inclinação para se conhecer e usar o entendimento de si mesmo para alcançar certos fins.
7. Musical é a aptidão para tocar, apreciar e compor padrões musicais.

Segundo Gardner, não é possível compensar totalmente a desvantagem genética com um ambiente estimulador da habilidade correspondente, mas condições adequadas de aprendizado sempre suscitam alguma resposta positiva do aluno – desde que elas despertem o prazer do aprendizado.

Atribui à escola duas funções essenciais: modelar papéis sociais e transmitir valores. "A missão da educação deve continuar a ser uma confrontação com a verdade, a beleza e a bondade, sem negar as facetas problemáticas dessas categorias ou as discordâncias entre diferentes culturas", escreveu.

O trabalho de Gardner favorece uma visão integral de cada indivíduo e a valorização da multiplicidade e da diversidade na sala de aula.

Mais tarde, Gardner acrescentou à lista as inteligências natural (reconhecer e classificar espécies da natureza) e existencial (refletir sobre questões fundamentais da vida humana) e sugeriu o agrupamento da interpessoal e da intrapessoal numa só.

A primeira implicação da teoria das múltiplas inteligências é que existem talentos diferenciados para atividades específicas.

O que leva as pessoas a desenvolver capacidades inatas são a educação que recebem e as oportunidades que encontram. Para Gardner, cada indivíduo nasce com um vasto potencial de talentos ainda não moldado pela cultura, o que só começa a ocorrer por volta dos 5 anos. Segundo ele, a educação costuma errar ao não levar em conta os vários potenciais de cada um.
Além disso, é comum que essas aptidões sejam sufocadas pelo hábito nivelador de grande parte das escolas. Preservá-las já seria um grande serviço ao aluno. "O escritor imita a criança que brinca: cria um mundo de fantasia que leva a sério, embora o separe da realidade", diz Gardner.

Para saber mais:
** As Inteligências Múltiplas e seus Estímulos, Celso Antunes, 144 págs., Ed. Papirus,
** Inteligência – Um Conceito Reformulado, Howard Gardner, 348 págs., Ed. Objetiva,
** Jogos para a Estimulação das Inteligências, Celso Antunes, 312 págs., Ed. Vozes,
** O Verdadeiro, o Belo e o Bom, Howard Gardner, 364 págs., Ed. Objetiva.

FONTE:
http://revistaescola.abril.com.br/historia/pratica-pedagogica/cientista-inteligencias-multiplas-423312.shtml Edição Especial 10/2008

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

BLOG - Ensinando com a Internet.

O site do EducaRede, na seção Textos e Artigos, traz mais uma vez para a leitura e reflexão o tema BLOGs.
O texto em questão é de autoria do professor José Carlos Antônio, autor do Blog Professor Digital.

Segundo José Carlos, atualmente ( de 2004 para cá), os blogs brasileiros deixaram de ser “coisas de adolescentes” para se tornarem “coisas de adultos", jornalistas, profissionais liberais, donas de casa e professores que também começaram a ocupar cada vez mais a blogosfera.

José Carlos afirma em seu texto que, para um blog sobreviver na blogosfera e cumprir com seu papel como espaço de publicação e autoria, precisa ter pelo menos quatro requisitos básicos:

1. Possuir um objetivo claro
2. Visar a um público específico
3. Possuir conteúdo útil para o público visado
4. Ser atualizado frequentemente.

Lembra também que os blogs são ferramentas da Web 2.0 e estão disponíveis gratuitamente na rede sendo também oferecidas por muitas empresas.

Alguns exemplos de uso pedagógico para blogs:
* Blog de conteúdo curricular;
* Blog de apoio às atividades de classe;
* Blog de registro de projeto;
* Blog institucional da escola;Blog de uma disciplina.








domingo, 25 de outubro de 2009

Geografia em destaque!


Li no site da revista on line Niva Escola, http://revistaescola.abril.com.br/, que a professora de Geografia, Karla Emanuela Veloso Pinto, de Lavras (MG), foi escolhida como Educadora do Ano, com o projeto Ambiente Virtual.

Fiquei super feliz, por dois motivos:

1º Por ser uma profesora da disciplina de Geografia, disciplina muitas vezes e por muitos discriminada;

2º Por tratar justamente desses conteúdos e asuntos que fazem parte da nossa disciplina e utilizando as ferramentas que as novas tecnologias nos propiciam, pois estão aí, para que nós, professores a utilizemos.

Parabéns professora Karla. Parabéns também para tua escola, teus professores e teus alunos.


Confira a reportagem na íntegra:


Eleição para Diretores de Escola.


Explicando a falta de postagens:

Campanha, debates, aulas, pós graduação e muitas outras atividades.

Estamos em processo de escolha de diretores para as escolas públicas e sou uma das candidatas.

Formamos uma Chapa, a de nº 1.

"Numa gestão democrática,o gestor precisará saber como trabalhar os conflitos e desencontros, deverá ter competência para buscar novas alternativas e que as mesmas atendas aos interesses da comunidade escolar, deverá compreender que a qualidade da escola dependerá da participação ativa de todos membros, respeitando individualidade de cada um e buscando nos conhecimentos individuais novas fontes de enriquecer o trabalho coletivo."

Conforme Libâneo(2001,p.102, ao assumir esse papel o gestor deve, necessariamente buscar a articulação dos diferentes atores em torno de uma educação de qualidade, o que implica uma liderança democrática, capaz de interagir com todos os segmentos da comunidade escolar.A liderança do gestor requer uma formação pedagógica crítica e autônoma dos ideais neoliberais. Nesse sentido,o objetivo é construir uma verdadeira educação com sensibilidade e também com destrezas para que se possa obter o máximo de contribuição e participação dos membros da comunidade.


quinta-feira, 15 de outubro de 2009

15 de Outubro - Dia de reflexão.


Em época de apresentação dos agraciados por um prêmio nobel, destaco este texto para que façamos uma reflexão sobre o momento atual por que passa o Brasil, a América Latina, o mundo, enfim.

Somente com uma educação de qualidade, com inclusão social e em todos os sentidos que poderemos vencer as barreiras do subdesenvolvimento e da pobreza.


Oscar Arias já foi Presidente da Costa Rica (o país mais avançado da América Central), já foi Premio Nobel da Paz (por ter intercedido e negociado os conflitos entre a Nicarágua e El Salvador), já foi Presidente da OEA e foi eleito, uma vez mais, Presidente da Costa Rica para o período 2006 - 2010.

Na última Cúpula das Américas, ele proferiu o discurso abaixo para todos os Presidentes Latino-Americanos. Discurso proferido na presença dos presidentes latinoamericanos.


"ALGO HICIMOS MAL" .

(Palavras do Presidente Oscar Arias da Costa Rica na Cúpula das Américas em Trinidad e Tobago, 18 de abril de 2009 )


"Tenho a impressão de que cada vez que os países caribenhos e latinoamericanos se reúnem com o presidente dos Estados Unidos da América, é para pedir-lhe coisas ou para reclamar coisas. Quase sempre, é para culpar os Estados Unidos de nossos males passados, presentes e futuros. Não creio que isso seja de todo justo.

Não podemos esquecer que a América Latina teve universidades antes de que os Estados Unidos criassem Harvard e William & Mary, que são as primeiras universidades desse país.

Não podemos esquecer que nesse continente, como no mundo inteiro, pelo menos até 1750 todos os americanos eram mais ou menos iguais: todos eram pobres.


Ao aparecer a Revolução Industrial na Inglaterra, outros países sobem nesse vagão: Alemanha, França, Estados Unidos, Canadá, Austrália, Nova Zelândia e aqui a Revolução Industrial passou pela América Latina como um cometa, e não nos demos conta. Certamente perdemos a oportunidade.

Há também uma diferença muito grande.

Lendo a história da América Latina, comparada com a história dos Estados Unidos, compreende-se que a América Latina não teve um John Winthrop espanhol, nem português, que viesse com a Bíblia em sua mão disposto a construir uma cidade sobre uma colina, uma cidade que brilhasse, como foi a pretensão dos peregrinos que chegaram aos Estados Unidos.


Faz 50 anos, o México era mais rico que Portugal.

Em 1950, um país como o Brasil tinha uma renda per capita mais elevada que a da Coréia do Sul. Faz 60 anos, Honduras tinha mais riqueza per capita que Cingapura, e hoje Cingapura em questão de 35 a 40 anos é um país com $40.000 de renda anual por habitante.


Bem, algo nós fizemos mal, os latinoamericanos.

Que fizemos errado?

Nem posso enumerar todas as coisas que fizemos mal.


Para começar, temos uma escolaridade de 7 anos.

Essa é a escolaridade média da América Latina e não é o caso da maioria dos países asiáticos. Certamente não é o caso de países como Estados Unidos e Canadá, com a melhor educação do mundo, similar a dos europeus. De cada 10 estudantes que ingressam no nível secundário na América Latina, em alguns países, só um termina esse nível secundário.

Há países que têm uma mortalidade infantil de 50 crianças por cada mil, quando a média nos países asiáticos mais avançados é de 8, 9 ou 10.

Nós temos países onde a carga tributária é de 12% do produto interno bruto e não é responsabilidade de ninguém, exceto nossa, que não cobremos dinheiro das pessoas mais ricas dos nossos países.


Ninguém tem a culpa disso, a não ser nós mesmos.


Em 1950, cada cidadão norteamericano era quatro vezes mais rico que um cidadão latinoamericano.

Hoje em dia, um cidadão norteamericano é 10, 15 ou 20 vezes mais rico que um latinoamericano. Isso não é culpa dos Estados Unidos, é culpa nossa..

No meu pronunciamento desta manhã, me referi a um fato que para mim é grotesco e que somente demonstra que o sistema de valores do século XX, que parece ser o que estamos pondo em prática também no século XXI, é um sistema de valores equivocado.

Porque não pode ser que o mundo rico dedique 100.000 milhões de dólares para aliviar a pobreza dos 80% da população do mundo "num planeta que tem 2.500 milhões de seres humanos com uma renda de $2 por dia" e que gaste 13 vezes mais ($1.300.000..000.000) em armas e soldados. *Como disse esta manhã, não pode ser que a América Latina gaste $50.000 milhões em armas e soldados.


Eu me pergunto: quem é o nosso inimigo?


Nosso inimigo, presidente Correa, desta desigualdade que o Sr. aponta com muita razão, é a falta de educação; é o analfabetismo; é que não gastamos na saúde de nosso povo; que não criamos a infraestrutura necessária, os caminhos, as estradas, os portos, os aeroportos; que não estamos dedicando os recursos necessários para deter a degradação do meio ambiente; é a desigualdade que temos que nos envergonhar realmente; é produto, entre muitas outras coisas, certamente, de que não estamos educando nossos filhos e nossas filhas.


Vá alguém a uma universidade latinoamericana e parece no entanto que estamos nos sessenta, setenta ou oitenta.

Parece que nos esquecemos de que em 9 de novembro de 1989 aconteceu algo de muito importante, ao cair o Muro de Berlim, e que o mundo mudou.


Temos que aceitar que este é um mundo diferente, e nisso francamente penso que os acadêmicos, que toda gente pensante, que todos os economistas, que todos os historiadores, quase concordam que o século XXI é um século dos asiáticos não dos latinoamericanos..

E eu, lamentavelmente, concordo com eles. Porque enquanto nós continuamos discutindo sobre ideologias, continuamos discutindo sobre todos os "ismos" (qual é o melhor? capitalismo, socialismo, comunismo, liberalismo, neoliberalismo, socialcristianismo...) os asiáticos encontraram um "ismo" muito realista para o século XXI e o final do século XX, que é o *pragmatismo*..


Para só citar um exemplo, recordemos que quando Deng Xiaoping visitou Cingapura e a Coréia do Sul, depois de ter-se dado conta de que seus próprios vizinhos estavam enriquecendo de uma maneira muito acelerada, regressou a Pequim e disse aos velhos camaradas maoístas que o haviam acompanhado na Grande Marcha: "Bem, a verdade, queridos camaradas, é que a mim não importa se o gato é branco ou negro, só o que me interessa é que cace ratos". E se Mao estivesse vivo, teria morrido de novo quando disse que "a verdade é que enriquecer é glorioso". E enquanto os chineses fazem isso, e desde 1979 até hoje crescem a 11%, 12% ou 13%, e tiraram 300 milhões de habitantes da pobreza, nós continuamos discutindo sobre ideologias que devíamos ter enterrado há muito tempo atrás.

A boa notícia é que isto Deng Xiaoping o conseguiu quando tinha 74 anos. Olhando em volta, queridos presidentes, não vejo ninguém que esteja perto dos 74 anos. Por isso só lhes peço que não esperemos completá-los para fazer as mudanças que temos que fazer.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

DIA DO PROFESSOR.


Aos Professores:

Os inúmeros diários para corrigir,

as críticas, as noites mal dormidas...


Tudo isso não é o suficiente para te fazer desistir do teu maior sonho:Tornar possíveis os sonhos do mundo.

Que bom que esta tua vocação tem despertado a vocação de muitos.

Tantas dificuldades acontecem...
A rotina é dura, mas você ainda persiste.

Teu mundo é alegre, pois você consegue olhar nos olhos de todos os outros e fazê-los felizes também.

Você é feliz, pois na tua matemática de vida, dividir é sempre a melhor solução.

Você é grande e nobre, pois o seu ofício árduo lapida o teu coração a cada dia, dando-te tanto prazer em ensinar.

Homenagens, frases poéticas, certamente farão parte do seu dia a dia e quero de forma especial, relembrar a importância do seu ofício.

É por isto que você merece esta homenagem hoje e sempre, por aquilo que você é e por aquilo que você faz.

Autor desconhecido.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Muitas atividade. Graças a Deus!


Tenho tido pouco tempo disponível para fazer novas postagens aqui.
Motivo? Muitos. Mas, graças a Deus, todos bons:
- "Estou" candidata à diretora de minha escoal. A organização do Plano de ação para os 3 anos à frente da escola envolveu-me.
- Sou tia avó da lindinha Manuela. Tivemos que ficar "de plantão" por 5 dias até ela chegar, e por cezariana. Seja bem-vinda Manuela!
- O Lions Clube de Ijuí, do qual faço parte como domadora, completa 50 anos de atividades na "Colméia do Trabalho". Estamos elaborando uma revista para fazer o resgate histórico dessa caminhada. Os encontros de trabalho - o QG - do grupo é aqui em casa. Muito trabalho, muita janta e até mesmo descontração.
- Estamos concluindo o curso " Tecnologias na Educação: ensinando e aprendendo com as TIC". Temos que realizar as últimas atividades e como sempre com muito empenho e dedicação.
- Concluir o trimestre na escola: correções, médias, e planejamento do 3º e último trimestre.

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

DIA DO PROFESSOR.


Dia 15 de novembro festejamos o Dia do Professor.
O Ponderantes está promovendo a blogagem coletiva “Professores do Brasil”.
O evento ocorrerá na mesma data em que se comemora o dia desses profissionais que, embora sejam imprescindíveis à sociedade, estão cada vez menos valorizados.

Se você quiser participar, deverá publicar em seu blog um post relacionado ao tema proposto – “Professores do Brasil” – no próximo dia 15 de outubro.
Seu post pode conter, por exemplo, um texto crítico, um protesto, uma homenagem através de poesia, um relato sobre um professor que marcou sua vida, uma imagem, um vídeo ou o que sua criatividade desejar.


Mais informações, clique aqui.

ENEM - chegando o dia das provas.


As provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) deste ano, foram criadas a partir das orientações curriculares previstas para o ensino médio, que estão estruturadas em quatro áreas do conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. Por isso, o exame será constituído por quatro provas.
As provas:
* de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias - ocorrerão no sábado, dia 03 de outubro
* e Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias - além da prova de redação, acontecem no domingo, dia 04 deoutubro.

Este ano, os candidatos deverão,exercitar o seu poder de reflexão e se esforçar para garantir a sua vaga na universidade selecionada. Confira as dicas do professor Tadeu Terra para as provas de sábado:

Ciências Humanas e suas Tecnologias
- Fique atento a temas atuais que envolvam a questão do negro e do índio, sua contribuição cultural e relação histórica
- Estude sobre a evolução do conceito de Estado e cidadania ao longo da história
- Leia sobre os movimentos sociais, seu papel e importância ao longo da história

Ciências da Natureza e suas Tecnologias
- A questão energética, fontes de energia, efeitos no meio ambiente e o crescimento sustentável, são temas certos nesta prova
- As novidades e descobertas envolvendo células- tronco, reprodução assistida e aprimoramento genético
- O clima e aquecimento global serão tratados a partir de informações sobre emissão de gases e conseqüente poluição ambiental.
Boa prova à todos alunos!

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Dia da árvore!



No Brasil, carregamos fortes laços com a cultura indígena que deu origem a este país; um deles é o amor e respeito pelas árvores como representantes maiores da imensa riqueza natural que possuímos.

Confirmando o carinho e respeito pela natureza, no Brasil, há 30 anos, formalizou-se então o dia 21 de Setembro como o Dia da Árvore - o dia que marca um novo ciclo para o meio ambiente

Árvore é sinônimo de vida. Uma árvore, por si só, pode nos trazer muitos benefícios. Desde a sombra aconchegante, até a folha de papel. As florestas plantadas (reflorestamentos) pelo homem devolvem a ele serviços e bens. Mas o equilíbrio tem que ser mantido com a preservação das matas nativas e a proteção dos mananciais, onde a flora e a fauna encontram ambientes diversificados.

É mais um momento para refletir sobre a conservação da natureza e preservação das nossas matas. Momento para plantar mais uma árvore que um dia irá nos dar sombra e alimento, limpará nosso ar e preservará o solo do planeta.

domingo, 20 de setembro de 2009

Eu sou gaúcha.



Rio Grande amado!
Hoje, 20 de setembro, comemoramos nossa data maior.
Data onde nós, gaúchos, demonstramos toda nosso amor por este chão, pelos nosso usos e costumes, pelas nossas raízes e nosso passado.
20 de Setembro é a data máxima do Estado so Rio Grande do Sul e do nosso povo. Neste dia, em todos os recantos, os gaúchos reverenciam a Revolução Farroupilha - marco da história e da formação política da sociedade rio-grandense - suas causas e ensinamentos.
Data transformada em feriado, por decisão da Assembléia Legislativa, a partir de Lei aprovada no Congresso Nacional, em 1996, que estendeu a mesma possibilidade a todos os Estados, o 20 de setembro é uma data que aprofunda o espírito de solidariedade, de ação unitária e coletiva e de patriotismo do povo gaúcho!
A Revolução Farroupilha, iniciada em 20 de setembro de 1835, e que durou cerca de 10 anos, envolveu em sucessivos e espetaculares combates, segundo os historiadores, cerca de 20 mil homens e mulheres em luta, resultando na morte heróica de aproximadamente 3.500 pessoas, em sua maioria revolucionários.
Unindo e mobilizando os farrapos, sob a liderança de homens e mulheres do porte de Bento Gonçalves, Giuseppe Garibaldi, David Canabarro, Antônio da Silva Neto, Domingos Crescêncio e Anita Garibaldi, estava o sentimento de rebeldia contra a centralização do Poder Federal, que se manifestava, de forma especial, na espoliação econômica da região.
Entre as principais causas do levante, estavam a penalização dos produtos agropecuários, especialmente o charque, com altos impostos e, também, a expropriação e desvio dos recursos acumulados no Estado, até mesmo para pagar dívidas federais junto à Inglaterra.
A Revolução Farroupilha, portanto, deixou muitos ensinamentos, dentre os quais, certamente, destacam-se o sentimento de soberania em relação ao poder central, o profundo espírito de integração da sociedade com o poder público e um grande senso de patriotismo.
Tal reconhecimento ensejou ao povo sulino, sensorialmente, o sentimento de firmeza de caráter e de ação dos seus ancestrais, sensibilizando-o como um seu predestinado continuado no tempo e no espaço.
Quer mais informações? Aqui você enconta.

sábado, 19 de setembro de 2009

Mestre Giz? Sim ou Não?


No último encontro que tivemos no NTE de Ijuí( dia 17 de setembro, um dos assuntos discutidos em grupo foi o uso das TIC, ou não, pelos professores.
- O uso das novas tecnologias pelos professores na escola, ajudam ou não, na aprendizagem dos alunos?
- Quais os aspectos positivos e os negativos dessa utilização?
- Os resultados já são visísveis ou só saberemos desse sucesso ou não, daqui há 20 anos?


O texto " E agora, Mestre Giz? ", escrito pelo professor José Carlos, em seu blog "Professor Digital", faz, em forma de uma fábula, uma descrissão deste tipo de professor, com sua aula "perfeita", redondinha".
Texto para iniciar ou continuar a pensar, discutir e tomar decisões sobre os rumos da educação, da escola, do professor, dos alunos, e das novas tecnologias no cotidiano escolar.

sábado, 12 de setembro de 2009

A Internet Banda Larga.


A Revista Veja , edição de 16 e setembro de 2009, tráz uma reportagem com o título: "A banda larga e seus gargalos no Brasil". A referida reportagem critica a chamada "conexão rápida" para a internet que continua ruim no país deixado muito a desejar, com uma defasagem em relação às nações desenvolvidas, de cinco anos.

Desde 2005, a maior parte dos usuários de internet no Brasil já acessa a rede por meio da banda larga. Tornaram-se possíveis ações corriqueiras, como assistir a vídeos ou trocar fotos por e-mail. Porém, cotidianamente, os brasileiros com o serviço de banda larga ainda encontram problemas, como o tempo para baixar um vídeo de três minutos do YouTube que pode levar levar duas ou três vezes esse tempo para ser visto.
Também fazer o download de filmes em alta resolução ou a participação em videoconferências, é praticamente impensável.
Um estudo recente, aferiu a eficácia da banda larga em 42 países. O Brasil ficou em 38º posto, à frente apenas de Chipre, México, China e Índia. "Na média, as conexões brasileiras com a web estão num patamar pré-YouTube. Têm cinco anos de defasagem em relação às dos países desenvolvidos", disse a VEJA o indiano Prashanth Angani, um dos responsáveis pela pesquisa.

Leia toda a reportagem aqui.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

FERIADÃO.


Feriado na 2ª Feira = F E R I A D Ã O

Mesmo ainda sendo inverno aqui no RS, fomos aproveitar estes dias de folga para relaxar na praia.

Fomos para Tramandaí. Belíssima praia do Atlântico Sul.

Conheça um pouco de sua história aqui.

Aspectos Geográficos


Tramandaí situa-se no Litoral Norte do Estado do Rio Grande do Sul/Brasil
Extensão de praia: 12km
Altitude: 1,80m

Aspectos Demográficos

Área do Município: 143,57km2
Distância da Capital: 118km
Vias de acesso: BR 290 ,BR 101, RS 30, RS 786, RS 389.

Hidrografia

O rio Tramandaí estabelece uma comunicação entre a lagoa e o mar, ou melhor, a comunicação se forma e o lago se estreita acima do ponto onde o rio deita suas águas.
As lagoas do Armazém e Tramandaí formam o estuário de Tramandaí, elas não são profundas. A Lagoa Tramandaí tem praias arenosas(ao sul), banhados(margem leste) e restingas(a sudoeste). Liga-se ao Atlântico por um canal que foi regularizado pela barra de Tramandaí. Esta lagoa recebe as águas do rio Tramandaí(pelo norte) além do rio dos Camarões, este não é mais do que um canal de ligação entre esta última e a lagoa das Custódias.

Topografia

Planície com comoros e dunas junto à costa marítima, lagoas de água salgada, doce ou saloba, com córregos e canais; lençol freático alto.

Foi um verdadeiro feriadão para curtir o marido, os amigos, a natureza, o sol, o vento típico de nossas praias e pescar, ... é, pescar sardinha no rio Tramandaí. Muito legal mesmo. Pura distração.

E agora, com as baterias recarregadas, é mergulhar nos nossos afazeres cotidianos.

terça-feira, 1 de setembro de 2009

TWITTER.





O QUE É O TWITTER?
Twitter é uma rede social e servidor para microblogging que permite aos usuários envir e ler atualizações pessoais de outros contatos (em textos de até 140 caracteres, conhecidos como "tweets"), através da própria Web, por SMS e por softwares específicos instalados em dispositivos portateis como o Twitterberry desenvolvido para o Blackberry.

O Twitter é uma comunidade de amigos e também de pessoas desconhecidas que mandam updates, flashes do que elas estão fazendo no momento ou o que ela quer você preste atenção.

Assim como no MSN e no novo Windows Live Messenger, onde aparece o nick do seu amigos e uma mensagem em cinza que pode ser definida por você, o Twitter é uma cópia da mensagem em cinza, ele permite que você coloque mensagens extremamente curtas, as quais serão enviadas para todos seus amigos.

Desde sua criação em 2006 por Jack Dorsey, o Twitter ganhou extensa notabilidade e popularidade por todo mundo. Algumas vezes é descrito como o "SMS da Internet".

A utilidade mais produtiva do Twitter tem sido para empresas que desejam ouvir os clientes e oferecer reações imediatas às opiniões deles. Políticos, artistas, jornalistas e até órgãos públicos, governos estão utilizando o Twitter para interagirem com seu público, fãs ou população. Adquiriu destaque na mídia o uso do Twitter durante as manifestações ocorridas na Moldávia no início de 2009, em que os jovens organizaram-se por meio dessa ferramenta da web 2.0. A ferramenta também esteve presente no debate político e na movimentação da oposição durante as eleições presidenciais no Irã em 2009.

O Ministério da Educação (MEC), rendeu-se a nova mania mundial, o Twiter, e está, desde o início do mês de agosto, divulgando suas principais informações através do Twitter.

Segundo a Assessoria de Comunicação do MEC, o Twitter é a primeira iniciativa do Ministério da Educação para levar ao grande público as principais novidades do setor no ambiente de redes sociais da internet. O Portal MEC, reformulado em março deste ano, é mais uma opção em tempo real, para garantir a divulgação de ações da educação brasileira no ambiente virtual da internet.

Este é o endereço do MEC no Twitter:

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Projeto X-Gov


Profissionais de várias áreas da computação estão desenvolvendo ferramentas para ajudar governos a implementar o conceito de crossmedia (uso cruzado de múltiplos meios de comunicação) em serviços eletrônicos de atendimento ao público, de modo a ampliar e facilitar a interação com os cidadãos.
Coordenado pela professora Lucia Vilela Leite Filgueiras, da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), o Projeto X-Gov foi criado em outubro de 2007 no âmbito do Instituto Virtual de Pesquisas FAPESP-Microsoft Research. Sua proposta é facilitar o processo de produção de aplicações de mídia cruzada pelo gestor público, possibilitando desenvolver serviços mais rapidamente e se beneficiar das novas tecnologias.
“Acreditamos que isso será melhor para o cidadão porque a diversidade de mídias dá maior alcance e disponibilidade no acesso ao governo. Sabemos que é difícil para o gestor público criar um serviço que use de forma integrada as várias mídias. Por isso, estamos desenvolvendo um software que facilitará esse processo”, explicou Lucia à Agência FAPESP.
O Projeto X-Gov permitirá transições entre mídias: e-mail, SMS, TV digital, web, códigos de barras bidimensionais, click to call e outros. A ideia é que o link entre celular e TV possibilite que um determinado conteúdo acessado por celular – um vídeo de instruções, por exemplo – seja exibido também na televisão, sem prejuízo ao que estava acontecendo no celular.

Leia a notícia na íntegra aqui.

Mídias digitais no exercício da cidadania


Profissionais de várias áreas da computação estão desenvolvendo ferramentas para ajudar governos a implementar o conceito de crossmedia (uso cruzado de múltiplos meios de comunicação) em serviços eletrônicos de atendimento ao público, de modo a ampliar e facilitar a interação com os cidadãos.
Coordenado pela professora Lucia Vilela Leite Filgueiras, da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), o Projeto X-Gov foi criado em outubro de 2007 no âmbito do Instituto Virtual de Pesquisas FAPESP-Microsoft Research. Sua proposta é facilitar o processo de produção de aplicações de mídia cruzada pelo gestor público, possibilitando desenvolver serviços mais rapidamente e se beneficiar das novas tecnologias.
“Acreditamos que isso será melhor para o cidadão porque a diversidade de mídias dá maior alcance e disponibilidade no acesso ao governo. Sabemos que é difícil para o gestor público criar um serviço que use de forma integrada as várias mídias. Por isso, estamos desenvolvendo um software que facilitará esse processo”, explicou Lucia à Agência FAPESP.
O Projeto X-Gov permitirá transições entre mídias: e-mail, SMS, TV digital, web, códigos de barras bidimensionais, click to call e outros. A ideia é que o link entre celular e TV possibilite que um determinado conteúdo acessado por celular – um vídeo de instruções, por exemplo – seja exibido também na televisão, sem prejuízo ao que estava acontecendo no celular.

Leia mais sobre o Projeto X-Gov

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Ciclo Era Digital.



Reportagem importante e interessante que recebi via Agência FAPESP.
Embora o evento seja na longínqua São Paulo ( pelo menos para nós aqui do sul)achei interessante fazer esta postagem e a publicação do evento por se tratar de Pierre Lévy, esta "fera" da atualidade.

Lévy discutirá o tema “Em direção à civilização da inteligência coletiva” com Massimo di Felice, do Centro de Pesquisa Atopos da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), e com Paulo Nassar, da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje), entre outros especialistas da área.

Leia mais sobre esta notícia aqui:

domingo, 16 de agosto de 2009

PARA ONDE VAI A TECNOLOGIA?


O CIT - Circuito de Informática e Tecnologia de 2009, ocorreu neste mês de agosto , na cidade do Rio de Janeiro ( de 14 a 16 ), quando ocorreram:
- Palestras gratuitas no evento;
- Museu do Computador
- Simuladores de Fórmula 1
- Campeonato Mundial de Games
- Show de Overclock

E muito mais!!!!!

O evento também ofereceu aos visitantes a oportunidade de conhecer os lançamentos da indústria de informática e tecnologia em espaços destinados a show-room de fabricantes e de adquirir produtos e serviços a preços competitivos em diversas revendas do segmento concentradas num só lugar.

"Computador dos sonhos" é vendido pelo preço de carro popular

Esta "máquina dos sonhos" existe e pode ser adquirida por R$ 25 mil. Ela esteve exposta no Circuito de Informática e Tecnologia 2009.
O computador, batizado de WazX, é montado dentro de um robusto gabinete Cooler Master Cosmos S 1100, tem 300 GB de HD, 6 GB de memória DDR3, processador Intel Core i7 720, além do já conhecido e eficaz sistema de resfriamento à água. . Leia mais e veja imagens aqui.

O Circuito de Informática e Tecnologia 2009, mostrou um estande para matar a curiosidade de quem quer saber como foram os primórdios da computação. Logo na entrada, o público teve a oportunidade de ver algumas peças raras, integrantes do acervo do Museu do Computador.
Entre as que mais chamam a atenção estava o HD do B500 da Burrougs, do ano de 1964, com capacidade de apenas 100kb, espaço insuficiente para armazenar um simples arquivo de texto com mais de 15 páginas. Para formatá-lo era preciso dois dias e sua unidade de controle era do tamanho de um guarda-roupa.
Leia mais aqui.