terça-feira, 30 de junho de 2009

Video interessante.

video

Vídeo para dar aquela paradinha e pensar na vida, ... refletir.
Preste mais atenção no ponto que está dentro de você.
Vamos fazer descobertas...

sexta-feira, 19 de junho de 2009

O PODER DA EDUCAÇÃO.


Conta-se que o legislador Licurgo foi convidado a proferir uma palestra a respeito de educação. Aceitou o convite, mas pediu, no entanto, o prazo de seis meses para se preparar.
O fato causou estranheza, pois todos sabiam que ele tinha capacidade e condições de falar a qualquer momento sobre o tema.
E, por isso mesmo, o haviam convidado.
Transcorrido os seis meses, compareceu ele perante a assembléia em expectativa.
Postou-se à tribuna e logo em seguida entraram criados portando quatro gaiolas. Em cada uma havia um animal, sendo duas lebres e dois cães.
A um sinal previamente estabelecido, um dos criados abriu a porta de uma das gaiolas e uma pequena lebre, branca, saiu a correr, espantada.
Logo em seguida, o outro criado abriu a gaiola em que estava o cão e este saiu em desabalada carreira ao encalço da lebre.
Alcançou-a com destreza, trucidando-a rapidamente.
A cena foi dantesca e chocou a todos.
Uma grande comoção tomou conta da assembléia e os corações pareciam saltar do peito. Ninguém conseguia entender o que Licurgo desejava com tal agressão.
Mesmo assim, ele nada falou.
Tornou a repetir o sinal convencionado e a outra lebre foi libertada.
A seguir, o outro cão.
O povo mal continha a respiração.
Alguns mais sensíveis levaram as mãos aos olhos para não ver a reprise da morte bárbara do indefeso animalzinho que corria e saltava.
No primeiro instante, o cão investiu contra a lebre. Contudo, em vez de abocanhá-la, deu-lhe com a pata e ela caiu. Logo ergueu-se e se pôs a brincar. Para surpresa de todos, os dois ficaram a demonstrar tranqüila convivência, saltitando de um lado para outro.
Então, e somente então, Licurgo falou: “Os senhores acabaram de assistir a uma demonstração do que pode a educação. Ambas as lebres são filhas da mesma matriz, foram alimentadas igualmente e receberam os mesmos cuidados. Assim, igualmente, os cães.
A diferença entre eles reside, simplesmente, na educação”.
E prosseguiu vivamente o seu discurso dizendo das excelências do processo educativo.
“A educação, baseada numa concepção exata da vida, transformaria a face do mundo.
Devemos educar nosso filho, esclarecer sua inteligência, mas, antes de tudo, devemos falar ao seu coração, ensinando-o a despojar-se das suas imperfeições.
Lembremo-nos de que a sabedoria, por excelência, consiste em nos tornarmos melhores.”
Licurgo foi um legislador grego que deve ter vivido no século quarto antes de Cristo. O verbo educar é originário do latim educare ou educcere e quer dizer, extrair de dentro. Percebe-se, portanto, que a educação não se constitui em mero estabelecimento de informações, mas sim de se trabalhar as potencialidades interiores do ser, a fim de que floresçam, à semelhança de bela e perfumada flor.


(Texto: Equipe de Redação do Momento Espírita, com base no livro “Depois da Morte”, de Leon Denis)DeFaTTo Mail - Edição nº 421 / 19.06.2009
echo@echobrindes.com.br

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Por que 31 mil estão fora da aula?




Por que 31 mil estão fora da aula?

Relatório do Unicef mostra situação da infância e adolescência no EstadoTrinta e um mil gaúchos entre sete e 14 anos estão fora da escola. No Brasil, o número chega a 686 mil.Os dados alarmantes integram o relatório Situação da Infância e da Adolescência Brasileira, recém-divulgado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Vigésimo na lista dos Estados com maior percentual de sem-escola, o Rio Grande do Sul aparece mal em termos absolutos: é o décimo com mais crianças fora do sistema educacional. Baseado em números da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad 2007), o levantamento aponta que não estão frequentando as aulas 2,1% das crianças dessa faixa etária no Rio Grande do Sul e 2,4% no Brasil. O percentual de crianças fora da escola é baixo. Mas os percentuais escondem muita coisa. Quando se olha em termos absolutos, o número assusta _ observa Maria de Salete Silva, coordenadora do programa de Educação do Unicef no Brasil.

Conforme o Unicef, algumas causas para o afastamento das crianças já foram detectadas. A principal delas seriam as deficiências físicas e mentais. Dos 686 mil alunos fora da escolas, 147 mil recebem ajuda financeira do governo por conta das deficiências. São crianças que não estão matriculadas porque falta uma cadeira de rodas, porque a escola não tem acesso facilitado ou porque o sistema de ensino não está preparado para atendê-los. O outro fator apontado pelo Unicef é o acesso. No sul do Brasil, diz Maria de Salete, a cultura do meio rural de trabalho infantil na lavoura é um fator importante de abandono da escola.

Para a Secretaria Estadual da Educação, a origem do problema está nas classes de alfabetização. Conforme Sonia Balzano, diretora do departamento pedagógico, o fracasso da escola em alfabetizar no início do Ensino Fundamental costuma afastar o aluno. Como resposta, a secretaria implantou na 1ª série, neste ano, programas inovadores. São formas alternativas de alfabetizar elaboradas por diferentes entidades.

– O nosso principal desafio é a alfabetização. A criança alfabetizada tende a continuar – diz Sonia.

O objetivo do Unicef com a campanha é lançar um alerta e mobilizar a sociedade para localizar as crianças que não estão estudando e descobrir por que elas não vão às aulas.

– Nesse índice de 2%, ficam as situações muito particulares. Temos de resolver os casos um por um. É possível fazer isso – diz Maria de Salete.

Publicação do Jornal Zero Hora – Porto Alegre – RS – 16/06/09

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Que Escola é a sua?



Da professora Lúcia Giraffa, do curso de Pós Graduação da PUC RS recebemos esta mensagem que repasso pois é linda, verdadeira, reflexiva e diz respeito a nossa atividade profissional.

escolas que são gaiolas e há escolas que são asas.

Escolas que são gaiolas existem para que os pássaros desaprendam a arte do vôo. Pássaros engaiolados são pássaros sob controle. Engaiolados, o seu dono pode levá-los para onde quiser. Pássaros engaiolados sempre têm um dono. Deixaram de ser pássaros. Porque a essência dos pássaros é o vôo.
Escolas que são asas não amam pássaros engaiolados. O que elas amam são pássaros em vôo. Existem para dar aos pássaros coragem para voar. Ensinar o vôo, isso elas não podem fazer, porque o vôo já nasce dentro dos pássaros. O vôo não pode ser ensinado. Só pode ser encorajado.

Rubem Alves

sábado, 6 de junho de 2009

Dica legal:


Navegando pela Internet, neste sábado frio, encontrei esta dica muito legal para quem, como eu, adora ficar clicando com a máquina fotográfica, tudo que encontra pela frente.

Saiba como criar uma apresentação com suas fotos digitais:


Esses slides ficam disponíveis no computador (podem ser acompanhados de trilha sonora, efeitos e legendas), mas também podem ir para o aparelho de DVD. Dessa forma, você poderá mostrar as fotos para parentes e amigos na TV da sala, substituindo os já obsoletos álbuns de família. É possível que você já tenha visto uma exibição desse tipo em telões de casamento ou de festas de aniversário.

Pela facilidade de uso e praticidade, usaremos o Picasa.
Há, no entanto, muitos outros softwares que podem executar essa mesma função – o Microsoft PowerPoint também desempenha bem este papel, assim como o site Imageloop, que permite a criação e compartilhamento dos slideshows em diversas redes sociais, como Orkut, Facebook e MySpace.

Picasa é uma poderosa ferramenta para organizar, editar e personalizar fotos.

Para usar esse programa gratuito, que está na versão 3.0, você precisará baixar o Picasa no seu computador – a ferramenta está disponível para download no Baixatudo.

O Picasa é um organizador de imagens completo, que tem diversas funcionalidades.

Criação de slideshows de fotos:

1º) Organize todas as imagens que você quer colocar em um único álbum. Para isso, tecle CTRL+N ou vá até Arquivo > Opção > Novo álbum.
2º) Defina um nome para o álbum e preencha os demais dados. A partir daí é só arrastar as imagens para dentro do álbum. Ao fazer isso, as imagens são apenas copiadas, e não removidas do lugar de origem – dessa forma, suas fotos continuarão nas pastas onde estavam e seu trabalho não será perdido.
3º) No menu de contextos do álbum fica o botão Criar apresentação de filme. Quando você clicar nele, o aplicativo irá carregar a ferramenta que permite editar e personalizar os efeitos de animação no slideshow das fotos do álbum. À esquerda existem três abas (filme, slides e clipes), onde é possível fazer as configurações abaixo:

1. Aba Filme
Faixa musical: Recurso que permite associar um arquivo de som (MP3 ou WMA) ao slideshow. O programa permite três tipos de configuração de áudio. A alternativa “truncar áudio” exibe os slides independentemente do tempo de áudio: se você tiver 5 minutos de música e os slides durarem 3 minutos, o áudio será cortado no final dos slides. A segunda opção, “adequar fotos ao áudio”, irá exibir uma única vez todas as fotos, com intervalos definidos para durar todo o tempo da música. Por fim, a opção “fazer loop de fotos para corresponder ao áudio” permite definir o tempo entre cada slide: eles ficam passando enquanto durar o som.
Estilo de transição: Recurso que permite definir como serão as transições entre os slides. Há diversas opções e, por isso, vale a pena testar todas para saber de qual você mais gosta.
Dimensões: Defina a dimensão (largura x altura) dos slides, inclusive com opções em widescreen, para serem exibidas em telas deste formato. A opção “mostrar legendas” exibe textos associados a cada um dos slides.

2. Aba slide
Essa aba serve para configurar opções de um slide específico, criando uma legenda e definindo seu tipo de letra, tamanho e cor. Também existe uma boa variedade de estilos de legenda predefinidos, que podem ser escolhidos no combo intitulado “modelo”. Nessa aba também é possível escolher a cor de fundo do slide.

3. Aba clipes
Aqui é possível gerenciar as imagens que compõem a animação, permitindo adicionar novas imagens e remover alguma indesejada.

Montagem com as abas de configuração do Slideshow e também a barra de tempo, para determinar a ordem das fotos na apresentação

>>>> Tempo
A barra de tempo mostra a ordem em que as imagens serão exibidas. Ela facilita a reorganização de cada foto de uma forma bem simples: basta clicar sobre a imagem e arrastá-la para a nova posição.

Caso queira editar uma imagem específica, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e vá à opção “visualizar e editar”. Quando fizer isso, o editor de imagens do Picasa será aberto.

>>>> Gravação
Para gravar a apresentação dos slides no formato definido anteriormente, basta clicar no botão “criar filme”. O Picasa irá levar alguns minutos para compilar um arquivo no formato WMV (Windows Media Movie).

Com o slideshow gravado, você pode exportar a apresentação para sites de vídeo, como o YouTube, ou gravar o conteúdo em mídias.

1. YouTube
É possível colocar seu filme na internet, para que todos assistam. Para isso, clique no botão “YouTube”, que aparece na barra de ferramentas do Picasa. Na tela de configuração, preencha um título, descrição e categoria do vídeo. Você poderá também associar palavras-chave para o vídeo.

Dica: você precisa ter uma conta no YouTube para transferir seu vídeo. Para criar uma conta, clique aqui.

2. CD/DVD
Na aba biblioteca do Picasa, os filmes criados ficam na pasta projetos. Clique sobre o vídeo e observe o menu de contexto que contém o ícone “criar um CD para presente”. Clique nele e, na seqüência, clique em “gravar disco”. Seu slideshow será transferido para a mídia e, assim, você poderá exibir o conteúdo na TV da sala, na próxima festa em família.

http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL1167612-6174,00.html
* Fernando Panissi é especialista em tecnologia e internet, formado em Sistemas de Informação com extensão em gestão. É professor universitário e ministra cursos de extensão em desenvolvimento de sistemas.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

DIA DO MEIO AMBIENTE!



Neste dia 05 de Junho, comemoramos o DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE.

A criação da data foi em 1972, em virtude de um encontro promovido pela ONU (Organização das Nações Unidas), a fim de tratar assuntos ambientais, que englobam o planeta, mais conhecido como conferência das Nações Unidas.

Este é um dia especial em que devemos parar e refletirmos sobre a importância das questões ambientais e dar uma face mais humana aos problemas e soluções relacionados com o meio ambiente.

A data é marcada por manifestações em diferentes cidades do mundo.

O meio ambiente e a ecologia passaram a ser uma preocupação em todo o mundo, em meados do século XX. Porém, foi ainda no séc. XIX que um biólogo alemão, Ernst Haeckel (1834-1919), criou formalmente a disciplina que estuda a relação dos seres vivos com o meio ambiente, ao propor, em 1866, o nome ecologia para esse ramo da biologia.

A partir de 1974, o Brasil iniciou um trabalho de preservação ambiental, através da secretaria especial do meio ambiente, para levar à população informações acerca das responsabilidades de cada um diante da natureza.

Devido à vida moderna, os prejuízos ao ambiente estão cada vez maiores. Uma enorme quantidade de lixos é descartada todos os dias, como sacos, copos e garrafas de plástico, latas de alumínio, vidros em geral, papéis e papelões, causando a destruição da natureza e a morte de várias espécies animais.

A política de reaproveitamento do lixo ainda é muito fraca, em várias localidades ainda não há coleta seletiva; o que aumenta a poluição, pois vários tipos de lixos tóxicos, como pilhas e baterias são descartados de qualquer forma, levando a absorção dos mesmos pelo solo e a contaminação dos lençóis subterrâneos de água.

É importante que a população seja conscientizada dos males causados pela poluição do meio ambiente, assim como de políticas que revertam tal situação.

Lembre-se: cada um de nós pode e deve cumprir com o seu papel de cidadão, não jogando lixo nas ruas, usando menos produtos descartáveis e evitando sair de carro todos os dias. Se cada um fizer a sua parte o mundo será transformado e as gerações futuras viverão sem riscos.

http://www.brasilescola.com/datacomemorativas/dia-mundial-do-meio-ambiente-ecologia.htm
http://www.ibge.gov.br/ibgeteen/datas/ecologia/home.html
http://images.google.com.br/imgres?imgurl=